Segundo comentarista, Guerrero não tem condições de fazer exigências para renovação

Segundo comentarista, Guerrero não tem condições de fazer exigências para renovação

Desde que a punição de Paolo Guerrero foi finalizada, torcedores e mídia vêm comentando sobre a vontade da diretoria do Flamengo em renovar com o atacante peruano. Embora o resultado do julgamento na CAS (Corte Arbitral do Esporte) ainda seja um mistério – a decisão é esperada para os próximos dias -, o peruano está liberado para jogar futebol e, com isso, poderá enfrentar o Internacional neste domingo (6), pelo Campeonato Brasileiro.

Porém, como fontes citam, o Rubro-negro esbarra nas exigências impostas pelo camisa 9 da Gávea, principalmente por discordância no tempo de vínculo. Guerrero pede um contrato mais longo do que o Rubro-Negro deseja. Para Mauro Cezar Pereira, comentarista da ESPN, Guerrero não tem condições de fazer estas exigências para o Fla.

— Querer repitir o mesmo patamar salarial, com 34 anos, sendo que não compriu seis meses do contrato por conta de punição que foi fora do clube, é algo, no mínimo, estranho e curioso — comenta o jornalista em seu canal no Youtube.

Deixando de lado estas questões contratuais, o Mais Querido enfrenta o Internacional podendo isolar-se na liderança, caso saia vitorioso da partida. A expectativa da torcida Rubro-Negra, que estará em peso para acompanhar o time no Maracanã – espera-se mais de 60.000 torcedores para o confronto -, é que o time carioca apresente um novamente um bom futebol, além de rever Paolo Guerrero em campo com a camisa do Fla. O jogador, no entanto, provavelmente iniciará a partida no banco de reservas e deverá entrar no decorrer da partida.