A ideia da diretoria flamenguista é liberar espaço no elenco e também aliviar um pouco as cobranças da torcida. Todos os seis atletas foram alvos de protestos em algum ponto da temporada 2017.

A "barca" de saídas só não deve ser maior porque o dinheiro para investir em contratações não será tão vasto quando neste ano. O objetivo dos dirigentes é aproveitar a base formada e apostar em nomes pontuais. 

​​