O lateral conseguiu se desvincular do clube santista através de um Habeas Corpus. Todavia, como esclarece o ​UOL Esportes, o clube recorreu da liminar, alegando não ter 'culpa' na decisão do atleta. O intuito do Santos é garantir, ao menos, a cláusula de multa rescisória do atleta, que beira os R$ 150 milhões.

Com grande mercado no futebol brasileiro, Zeca está sob a mira do Flamengo, mas o imbróglio jurídico promete dificultar a negociação. O Santos insiste que não há negociação sem uma compensação financeira, mas o rubro-negro considera Zeca um 'atleta livre', e não vislumbra qualquer tipo de pagamento.

Sem nenhuma perspectiva de acerto entre as partes e sem data para julgamento de recursos, o 'hiato' de Zeca segue.