Vivendo seu melhor momento desde que chegou ao Rubro-Negro, o camisa 9 nunca se mostrou apegado a marcas pessoais, colocando os objetivos do time acima dos seus. Foi com essa mentalidade que acabou sendo o destaque do título carioca sobre o Fluminense, em maio. Embora reconheça a importância de seguir marcando gols, o atacante diz que o mais importante é levantar taças. Se isso acontecer com a sua contribuição direta, melhor ainda.

Até o momento, o peruano já marcou 18 vezes e igualou as suas melhores temporadas. Ano passado pelo Rubro-Negro e também em 2013 atuando com a camisa do Corinthians, o atacante também balançou as redes em 18 oportunidades. Mas na Ilha a situação é ainda mais favorável a um bom desempenho. Em cinco participações com a camisa do Fla no novo estádio, o atacante participou de nove gols do time (marcou cinco vezes e distribuiu quatro assistências). É, sem sombra de dúvidas, o seu melhor ano desde que mudou de ares em meados de 2015.