• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Sem engrenar em audiência, Facebook abre mão de transmissão da Libertadores

A disputa por direitos de transmissão de eventos esportivos ganhou importância nos últimos anos. No entanto, o Facebook, que exibia a Liga dos Campeões, não vai mais investir na divulgação dos campeonatos de esporte. A empresa não vai renovar o contrato com a Libertadores e não entrou na briga pela propagação da maior competição da Europa. Dessa forma, as emissoras de televisão perdem um concorrente por competições no Brasil e do mundo.

Na quarta-feira (03), o diretor do Facebook publicou uma mensagem na qual dizia que a plataforma não irá mais transmitir eventos esportivos, e explicou que a parceira com a UEFA e a Conmebol se estenderá até o fim dos contratos.

– Apesar dos resultados do nosso conteúdo esportivo ao vivo, não planejamos estender nossos atuais acordos de grandes direitos de transmissão. Continuamos comprometidos em trabalhar de perto com os nossos parceiros da UEFA e da CONMEBOL para entregar excelentes experiências aos fãs e marcas até ao final da atual temporada da Champions League e da Libertadores em 2022.

– Mas daqui para a frente, vamos concentrar os nossos esforços em ajudar a indústria do esporte – de ligas a clubes, atletas, confederações, criadores e emissoras – a desenvolver e engajar audiências, construir modelos de negócios sustentáveis e monetizar seus conteúdos diretamente em nossas plataformas.

A empresa decidiu seria interessante para o Facebook se manter como apenas uma plataforma e não uma geradora de conteúdo. Dessa forma, a intenção dos dirigentes é idealizar parcerias de conteúdos esportivos com ligas, clubes, atletas e jornalistas.

Vale lembrar que a plataforma já transmitiu jogos do Flamengo, e quase quebrou o recorde de audiência. A derrota do Rubro-Negro para o Independiente Del Valle em 2020 foi vista por 2 milhões de espectadores simultâneos, e ficou perto de superar o Gre-Nal. Além disso, o Facebook liberou a estreia do Mais Querido no Campeonato Carioca para o público e, como muitos torcedores tiveram problemas com a FLATV+, o programa foi muito utilizado.

Publicado em colunadofla.com.