O contrato do veterano vai até o dia 28 de abril. Até lá, o Rubro-Negro terá quatro compromissos: dois pelo Brasileirão e dois pela Copa Libertadores (na qual Julio sequer está inscrito). Recentemente, em um evento dedicado a uma megaloja do Fla, a hipótese de permanecer mais tempo foi descartada pelo próprio:

"Muita gente me pergunta realmente em relação a prorrogar o contrato, mas foi uma coisa que ficou bem clara entre Júlio Cesar e a diretoria do Flamengo. Está muito bacana essa parceria, só tenho a agradecer a toda direção pela oportunidade que estão me dando de encerrar minha carreira aqui no Flamengo. São só esses três meses", afirmou.

Desde que retornou à Gávea, Julio Cesar fez apenas uma partida, na vitória por 3 a 0 sobre o Boavista. Uma hipótese que agrada a todas as partes seria a realização de um jogo festivo de despedida. Após o término contratual, a tendência é de que o goleiro volte para Portugal, onde mora sua família.

​​