| Futebol

Sem Fischer e com muitos meninos, Fla bate o Macaé e estreia com vitória

Molecada dá sua contribuição, e time rubro-negro vence por 78 a 59 e inicia bem sua caminhada rumo ao 12º título consecutivo. Com 17 pontos, Marcelinho foi o cestinha

Embora o Flamengo ainda tenha um dos melhores elencos do país, o torcedor rubro-negro terá que se acostumar com algumas caras novas. Sem tantas peças como nas temporadas anteriores, principalmente com as ausências do armador Ricardo Fischer e do ala-pivô Rafael Mineiro, que ainda se recuperam de lesões, o técnico José Neto não teve outra opção senão recorrer à garotada. Mas a nova geração da Gávea deu conta do recado. Sob a batuta do capitão Marcelinho, cestinha do confronto com 17 pontos, Humberto, Léo Bispo, Lelê, Danilo, Jorge, João Vitor e Felipin "estrearam" oficialmente pelo time adulto e ajudaram os atuais campeões a vencer o Macaé por 78 a 59 (37 a 24), nesta quinta-feira, no ginásio Hélio Maurício, e começar com a mão direita a caminha rumo ao 12º título consecutivo.

Além do capitão rubro-negro, que ainda contribuiu com cinco assistências e três rebotes, Marquinhos anotou 12 pontos, três assistências e três rebotes, JP Batista, que anotou 10 pontos e cinco rebotes, e Ronald Ramon, que anotou outros nove pontos. Dentre os garotos, Humberto foi quem mais contribuiu com 10 pontos. Pelo lado do Macaé, os maiores pontuadores foram o armador Thiaguinho, com 14 pontos, e Mateus Alex, com 11.

- Para o primeiro jogo está bom, sabemos da circunstâncias, mas sabemos que ainda estamos começando o trabalho e nosso objetivo é sempre chegar bem no fim da temporada. Fico muito feliz com a volta de Vasco e Botafogo, o basquete carioca tem muita tradição e espero que na próxima temporada outras equipes de camisa também possam voltar - afirmou Marcelinho.

O JOGO

Para quem iniciou os treinamento há menos de um mês e realizou apenas três amistosos, todos na cidade de Arequipa, no Peru, onde o Flamengo participou de um quadrangular internacional, a equipe do técnico José Neto até que se saiu bem no primeiro quarto. Se faltou ritmo de jogo, sobrou pontaria. Em oito bolas de três tentadas, os donos da casa acertaram cinco e tiveram um aproveitamento de 63%. Muito superior neste fundamento que à equipe do técnico Léo Costa, que errou sete bolas em nove, com apenas 22% de acerto. O resultado ficou claro no placar, quando os rubro-negros venceram por 26 a 12.

Mas a pontaria do time rubro-negro descalibrou no segundo período. Com muitas mudanças em relação aos 10 minutos iniciais, os donos da casa anotaram apenas um único chute de três em sete tentados. Isso ser refletiu no sistema ofensivo do Flamengo que anotou somente 11 pontos no quarto. O Macaé foi um pouco melhor e marcou 12, com destaque para Thiaguinho, que anotou três pontos e três rebotes, e Cícero Gonzaga, com quatro pontos. Dentre os garotos comandados por Neto, os destaques foram Lelê, com quatro pontos, e Humberto, com três.

A bronca de Neto no intervalo deve ter sido grande. Depois de um segundo quarto sonolento de muitos erros, a equipe da Gávea fez 20 a 2 em menos de cinco minutos e ampliou sua vantagem para 28 pontos. Sem oferecer qualquer resistência, Macaé anotou apenas mais 11 pontos e permitiu que o Flamengo ainda anotasse outros 10 pontos. Com a vitória por 30 a 13 no quarto, os donos da casa abriram 67 a 37.

Com a vitória praticamente assegurada, o técnico José Neto aproveitou para descansar todos os titulares e colocou novamente todos os reservas na quadra. Sem muita experiente profissional, a garotada não conseguiu manter o mesmo ritmo do time principal. Liderado por Humberto, uma das contratações para a temporada 2016/2017, o Flamengo perdeu o período por 21 a 7, mas conseguiu garantir a primeira vitória oficial na temporada por 78 a 59. 

FLAMENGO: Ronald Ramon, Marcelinho, Marquinho, Olivinha e JP Batista. Entraram: João Vitor, Humberto, Lelê, Léo Bispo, Jorge, Danilo e Felipin. Técnico: José Neto.

MACAÉ: Thiaguinho, Erick Camilo, Cicero, Rafa Moreira e Schneider. Entraram: Lucas Miguel, Ricardo Barbosa, Adyb, Mateus Alex. Técnico: Léo Costa.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/basquete/noticia/2016/09/sem-fischer-e-com-muitos-meninos-fla-bate-o-macae-e-estreia-com-vitoria.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.