| Futebol

Sem o direito de errar: Leandro Damião é apresentado no Flamengo

flameng - Sem o direito de errar: Leandro Damião é apresentado no Flamengo

Sempre há tempo para recomeçar. Ainda mais para um jogador com o passado de Leandro Damião. Ainda jovem, 26 anos, o atacante vem recebendo uma chuva de críticas desde que trocou o Internacional pelo Santos, em 2014. Passou pelo Cruzeiro e Bétis, da Espanha, sem render o esperado.

Apresentando nesta quinta-feira (14) no Flamengo, Damião sabe que não pode mais 'errar'. No clube carioca, o jogador disputará posição com o peruano Paolo Guerrero e o 'garoto' Felipe Vizeu. Confira o que o centroavante falou ao vestir a camisa rubro-negra.

Estar no Flamengo

Sei o respeito que impõe essa camiseta. Venho trabalhando muito e quero mostrar minha capacidade. Sou um jogador de grupo. Estou no ápice da minha forma física e quero treinar bem para voltar aos trilhos e buscar títulos.

Pancadas

Tomei muitas pancadas na minha vida. Tem que cair para levantar. Sou um cara forte. Sobre a posição, sobre jogar ou não, vou deixar para o treinador. Vou buscar meu espaço e quero ajudar o Flamengo. Estou preparado.

Disputa com Guerrero

Já vi isso no futebol brasileiro (dois centroavantes juntos), no internacional também. Tudo se adapta, tem que ser em prol do Flamengo e com o Flamengo ganhando tudo será melhor. Grafite e Dzeko foram campeões juntos no Wolfsburg, os dois fazendo gols.


(Foto: Gilvan de Souza / CR Flamengo / Divulgação)

Elenco do Fla

Queria ser o treinador para ter um elenco desses, com vários jogadores para diversas posições. É bom para o treinador mudar e manter o padrão. Sou um jogador de área que briga muito. Na minha carreira também dei muitas assistências. Quero sempre ajudar a equipe.

História

Não era nem nascido, e meu pai colocou o nome Leandro por causa do grande lateral, ídolo. Meu pai muito fanático por futebol, ele tinha o lateral do Flamengo como ídolo. Meu pai ficou todo emocionado por eu estar vestindo a camiseta de um time que lá atrás ele já havia pensado em tudo. Meu nome era para ser Cosme Damião.


(Foto: Gilvan de Souza / CR Flamengo / Divulgação)

Quase no Vasco

Teve muita coisa que falaram, mas elas não aconteceram. As pessoas que me procuraram me mostraram coisas, e estou muito feliz aqui no Flamengo. Pela conversa que tivemos, pelo grande elenco que temos e um treinador bastante capacitado. Isso me deu muito interesse e na hora falei com meu empresário que queria vir para cá.

 

Fonte: https://esportes.yahoo.com/noticias/sem-o-direito-errar-leandro-162718188.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.