| Futebol

Sem olhar a posição do rival na tabela, Fla encara o Caxias para seguir invicto

Fora de casa, Rubro-Negro, que ainda não sofrereu uma derrota sequer em sete jogos, encara os gaúchos, que perderam seus oito confrontos, às 20h05 (de Brasília)

flameng - Sem olhar a posição do rival na tabela, Fla encara o Caxias para seguir invicto

De um lado, o líder do Novo Basquete Brasil, com sete vitórias em sete jogos, ou seja, 100% de aproveitamento. Do outro, o lanterna da competição nacional, que tem oito derrotas em oito confrontos disputados. O duelo entre Flamengo e Caxias do Sul, no ginásio Vasco da Gama, no Rio Grande do Sul, às 20h05 (de Brasília) não podia ser mais contrastante. Contudo, engana-se quem pensa que o Rubro-Negro entrará achando que já ganhou.

De acordo com o técnico José Neto, a orientação ao elenco é de manter os pés no chão, o respeito ao adversário e, é claro, tentar aplicar o que foi passado nos treinamentos para que o time não caia em nenhuma armadilha e se mantenha invicto.

- (Jogar olhando a tabela) é o primeiro erro que vamos poder cometer, é a primeira coisa que acontece para a gente perder. Se formos trabalhar tendo isso, olhando a tabela como referência, a chance de perder é muito grande. Esse campeonato não tem time fácil, e eles sabem jogar bem em casa, com muita intensidade, por isso precisamos estar preparados. É um campeonato duro. O nosso time está de parabéns, e o jogo mais importante para os nossos jogadores é sempre o próximo. O nosso próximo é contra o Caxias do Sul, fora de casa. É um time que está crescendo no campeonato. Se ficarmos olhando a tabela, vamos perder o jogo. A gente vai trabalhar para evoluir como time e tentar sair de lá com mais uma vitória - comentou.

Prova de que o time comprou o discurso do treinador é o comentário do jovem Pedrinho Rava, de 21 anos. O armador, que veio para o Flamengo após duas temporadas no Macaé, entrou bem justamente contra seu ex-time na rodada anterior do Novo Basquete Brasil, e fez coro ao que o comandante afirmou sobre o jogo contra o Caxias do Sul.

- A gente tem falado nos treinos antes dos jogos que, independentemente da colocação do adversário, se tem jogadores conhecidos, jogadores de seleção brasileira, precisamos entrar e fazer o nosso jogo. Contra o Macaé, foi um jogo truncado, e contra o Caxias do Sul será a mesma coisa. Vai estar cheio, vai ser difícil, mas temos que impor nosso ritmo para seguir com a série invicta.

Para o confronto diante do Caxias do Sul nesta quarta-feira, o técnico José Neto terá a volta de Marcelinho Machado. O veterano de 41 anos cumpriu suspensão na vitória sobre o Macaé no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, por conta de um incidente ocorrido na partida diante do Franca, segunda do time rubro-negro no Novo Basquete Brasil. Após o Caxias do Sul, o Flamengo teria o clássico contra o Vasco da Gama, mas ele foi adiado, provavelmente para janeiro, por dificuldades em encontrar um ginásio para a realização do duelo.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/basquete/nbb/noticia/2016/12/sem-olhar-posicao-do-rival-na-tabela-fla-encara-o-caxias-para-seguir-invicto.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.