| Futebol

Sem temer falta de reforços, Ney fala em novo Fla: "Recuperamos atletas"

Treinador destaca período de treinos e confia em mudança de postura com atletas disponíveis no elenco para sair da zona do rebaixamento do Brasileirão

Ney Franco comanda treino do Flamengo (Foto: Divulgação/Flamengo)Ney Franco não recebeu nenhum reforço no Flamengo (Foto: Divulgação/Flamengo)

A última vez que um jogador sentou à mesa da sala de imprensa do Ninho do Urubu, ganhou a camisa do Flamengo e falou como novo reforço foi em 26 de abril. À época, ainda na gestão de Paulo Pelaipe (diretor executivo) e Jayme de Almeida (treinador), o zagueiro Marcelo e o atacante Arthur foram apresentados após negociações, respectivamente, com Volta Redonda e Londrina. Felipe Ximenes e Ney Franco foram contratados, o Brasileirão acabou paralisado para a Copa do Mundo e a fotografia do grupo, atualmente na zona do rebaixamento, continuou a mesma. Preocupação? Negativo. Sem temer a falta de contratações, o técnico confia no trabalho que “recuperou” atletas. E promete novo time a começar pelo confronto com o Atlético-PR.  

Ney assumiu o clube em 14 de maio. Desde então, disputou cinco partidas pelo Nacional: soma três empates e duas derrotas. Desempenho que contribuiu para o Fla cair ao 19º lugar, com sete pontos. Há negociações em andamento, como com os argentinos Canteros, do Vélez, e Casco, do Newell's Old Boys.

- Definimos um grupo de trabalho, então, não posso ficar refém de contratação. Temos a consciência de que este período, de 30 dias, é suficiente para preparar o time. Trabalho com quem eu tenho aqui. Recuperamos atletas dentro de treinamento. Vamos mostrar ao torcedor que, alguns jogadores, que poderiam ser descartados, estão em novo momento. Especialmente pela entrega e pela dedicação – comenta o técnico.

E quais são estes atletas? Ao preferir não falar em nomes, Ney sugere. Seriam os casos de André Santos e Elano, recentemente criticados pela torcida. Em Atibaia, palco da primeira semana de treinos, aliás, o comandante conversou separadamente com André Santos:  

- Prefiro não falar em nomes. Eles estão aí. É só ver o histórico de quem, após os jogos, são criticados. Esses atletas têm consciência disso. E já mudaram.  

O desempenho, nos treinos, realmente, chama atenção pelo aspecto positivo. Há dedicação e empenho em assimilar as novas ideias, especialmente o esquema 3-5-2. Ele, aliás, será testado em jogo-treino contra o Tupi-MG, domingo, no Ninho.  

Até a volta ao campeonato, o Fla fará mais dois jogos-treino. Tudo para chegar nas melhor das condições para encarar o Atlético-PR.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.