| Futebol

Sem tranças e no meio, Negueba se reencontra no Flamengo com Ney

Jogador aproveita oportunidade no empate com o Santos e espera ser escalado novamente contra o Figueirense, prometendo dedicação e novos passes

Negueba Coletiva Flamengo (Foto: Thales Soares)Negueba sem as tranças (Foto: Thales Soares)

Com as lesões dos dois atacantes de referência do elenco, Alecsandro e Hernane, o técnico Ney Franco optou por uma mudança de formação do Flamengo para o jogo com o Santos. Escalou jogadores de velocidade, entre eles Negueba, que acabou sendo o destaque do time no empate em 0 a 0, atuando como um criador de jogadas.

O último jogo de Negueba como titular havia sido na vitória por 4 a 2 sobre o Palmeiras, no Maracanã. Motivado, espera ter uma nova chance contra o Figueirense, quinta-feira, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

- Esse jogo (contra o Santos) foi um dos melhores que fiz esse ano. Já tinha ido bem contra o Madureira, quando marquei um gol. Na Libertadores, também joguei bem contra o Emelec. Acho que estava faltando ritmo para mim. Tive uma lesão e este ano estou entrando nos jogos, me ajudando a evoluir - disse Negueba.

Com a lembrança dos tempos das categorias de base, quando atuava mais no meio-campo, Negueba criou pelo menos cinco oportunidades de gol contra o Santos. Foi com Vanderlei Luxemburgo, em 2010, que ele se tornou atacante.

- Na base, eu era meia. Na verdade tinha essa característica. O Ney me colocou no ataque, mas um pouco mais recuado. Facilita bastante para dar os passes. Se eu jogar contra o Figueirense, podem esperar um Negueba brigando, ajudando na marcação e dando passes - comentou.

Sem as tranças com as quais atuou no domingo, Negueba segue como opção de Ney Franco. O treinador já havia trabalhado com ele nas categorias de base da seleção brasileira e no São Paulo.

- Foi ele que me levou para o São Paulo e me dá bastante liberdade para trabalhar. O time estava bem postado em campo, com o esquema encaixado, mais cara de Flamengo de novo - afirmou Negueba.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.