| Futebol

Semelhanças e diferenças marcam a trajetória da nova dupla de zaga

Léo Duarte encara terceiro jogo pelo profissional fazendo dupla de zaga com Juan, seu ídolo pessoal e inspiração dentro do clube. Liderança, crias da base e idade marcam ambos

flameng - Semelhanças e diferenças marcam a trajetória da nova dupla de zaga

Um jovem almejando a ascensão e um veterano, consagrado e que se sente em casa. De semelhança, a identificação com o Flamengo, tendo ambos sendo criados nas categorias de base do clube. Mas com trajetórias e características distintas. Enquanto um nascia em 1996, o outro, no mesmo ano, estreava profissionalmente com o Flamengo. A dupla de zaga volta a ser formada por Léo Duarte e Juan no jogo desta quarta-feira à noite, às 21h45, contra o Fortaleza, no Raulino de Oliveira, pela partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil. E a intenção é repetir a atuação contra o Sport, saindo invictos e classificados. O LANCE! transmite a partida em tempo real.

Natural de Mococa, cidade do interior de São Paulo, Léo Duarte só foi chegar ao Flamengo em 2014, com 17 anos, após passagem pelo Desportivo Brasil-SP. Jogou pelos juniores até a Copinha deste ano, quando foi campeão, capitão e um dos destaques. Com contrato renovado até 2019, o jovem é uma das grandes esperanças para o futuro.

Juan é carioca, nascido e criado no Humaitá, bairro da Zona Sul do Rio. Estreou pelo Flamengo em 1996, onde atuou durante seis anos, até 2002. Conquistou quatro campeonatos cariocas e a Copa Mercosul. Retornou ao clube no início do ano e um dos mais regulares do elenco. Mesmo não sendo muito de holofote e mantendo um estilo tranquilo e de poucas palavras, serve de espelho para os mais jovens, como Léo, e assumiu a pouco tempo a braçadeira de capitão do Flamengo.

- Assim que soube que ia jogar, o Juan me passou muita coisa. É um cara sensacional e que me deixou muito tranquilo - disse Léo Duarte na saída de campo após sua estreia pelos profissionais no domingo, contra o Sport.

No último sábado, os dois jogaram juntos durante os 90 minutos e demonstraram um entrosamento incomum para quem não havia atuado junto. Com a saída de Wallace, a tendência é de que, até a possível chegada de um zagueiro, os dois sigam atuando juntos entre os titulares. Mesmo com a diferença de idade. Enquanto um tem 19 anos, o outro 37. Em outros aspectos a dupla Léo Duarte e Juan se assemelha.

Ambos têm a liderança como característica. Léo Duarte era o capitão do Flamengo nas divisões de base e foi quem levantou a taça da Copa São Paulo de Futebol Júnior, conquistada pelo rubro-negro no inicio do ano. Juan, em contrapartida, sempre foi considerado o líder dentro do elenco atual e, nos últimos dias, ganhou a braçadeira de capitão que era de Wallace, que está de saída. 

Além do que, os dois foram criados dentro das divisões de base do Flamengo e estão habituados a pressão que representa jogar no clube. Apesar de terem surgido em épocas completamente distintas, os dois tem conhecimento da casa e do Flamengo. Para reverter a vantagem do adversário - precisa vencer sem levar gol ou por dois gols de diferença - a dupla poder ser fundamental, ainda mais para um Rubro-Negro sem Muricy.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/semelhancas-diferencas-marcam-trajetoria-nova-dupla-zaga.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

1 Comentário
image

JORGE FERREIRAHá 6 meses

ENTROSAMENTO ENTRE DOIS JOGADORES QUE SABEM JOGAR BOLA É FÁCIL, O DIFÍCIL É TER ENTROSAMENTO IMEDIATO COM UM CANELUDO, O LÉO VAI APRENDER MUITO AO LADO DO JUAN QUE SABE TUDO DE FUTEBOL. SE O MURICI FOR UM CARA SENSATO VAI EFETIVAR O LÉO NO TIME TITULAR. NÃO PRECISAMOS GASTAR RIOS DE DINHEIRO PARA TER UMA ZAGA DE RESPEITO. EFETIVA O GAROTO E TRAZ UM ZAGUEIRO PARA COMPOR O ELENCO.

Carregar mais