| Futebol

SÍNDROME DA PONTE AÉREA:

PARA ONDE FOI A COERÊNCIA?

 

Já perdi a conta de quantas vezes na vida ouvi sobre a dificuldade de se entender as mulheres. Mas, confesso a vocês que, para mim, é muito mais difícil compreender a mídia. No início desse ano, eu a ouvia falar do time onde jogavam Guerrero, Emerson e Elias, como a equipe a ser batida. Alguns chegaram a comparar essa equipe com o Flamengo de 80, Bayern, Real Madrid, Barcelona, etc. Uma verdadeira Seleção que poderia, e deveria, estar até disputando a UEFA Champions League. Tudo bem! Opinião cada um tem a sua e, além disso, o bom senso recomenda não se discutir com malucos.

O curioso é que, de umas semanas pra cá, mais precisamente depois da possibilidade do Flamengo trazer esse trio, para essas mesmas pessoas autoras dessas afirmações em programas esportivos, Guerrero se tornou um jogador super-hiper-mega valorizado, e Emerson um ancião problemático. Da mesma forma, bastou ao Elias também se tornar uma possibilidade concreta, para ser rebaixado a apenas um bom jogador, que, antes de ser convocado, era banco no “Timão”.

Quanto ao Flamengo, para esses “intendidos”, mesmo com a vinda desses jogadores (e mais o Alan Patrick, em quem deposito grande esperança), “vai formar um time razoável, que não vai brigar por nada, mas não deve ter problemas para se livrar do rebaixamento”.

PORRA, DÁ UM TEMPO! Para onde foi a coerência? Será que o trajeto da Ponte Aérea subtrai tanto assim a qualidade do futebol desses jogadores? Fora os já confirmados, nosso time tem bons coadjuvantes. Muito bons até, como Cirino, Everton, SAMIR, Paulo Victor e ainda jogadores de Seleção estrangeira como Cáceres e Armero.  

Não satisfeitos, esse pessoal ainda se finge de “preocupados” com a manutenção da Política de Austeridade, diante desses nossos “arroubos” financeiros. Puro TERRORISMO! São todos muito bem informados e SABEM PERFEITAMENTE que nossa Diretoria é pagadora de dívidas, não especialista em criá-las, como as anteriores. Se está trazendo esses jogadores é porque PODE e VAI pagar.

Esse Bando de HIPÓCRITAS não consegue mais disfarçar o medo, diante do que começam a perceber. A inversão nos caminhos trilhados pelo ÚNICO E VERDADEIRO Time do Povo e o “Time do Povo da TV”, vem sinalizando futuros bem distintos e, com isso, gerando um mal estar geral. Se, já em 2015, somos capazes de tirar a espinha dorsal, e maiores ídolos, do time mais bajulado em todas as mídias, o que poderá acontecer daqui para frente, se a nossa Diretoria sinaliza que é a partir de 2016 que o Flamengo terá maior poder de investimento?

O Flamengo está começando tarde, é verdade, mas está se fortalecendo. E está se fortalecendo enquanto muitos tendem a se desmanchar na próxima janela. Se passarem incólumes por ela, considero nossos adversários mais fortes neste Brasileiro o São Paulo (que precisará entender as ideias de seu novo treinador estrangeiro), o Inter (que está preocupado mesmo é com Libertadores), o Palmeiras (que tem um monte de estranhos para entrosar) e o Galo (que duvido MUITO que consiga imprimir a mesma intensidade, por 38 rodadas, jogando quarta e domingo). Portanto ... Se vamos, ou não, ter tempo de reagir e entrar na disputa pelo caneco (ou vaga na Libertadores) contra essas equipes, vai depender da capacidade de adaptação dos novos contratados.

Não chego a considerar o Guerrero a 8ª Maravilha do Mundo; reconheço que a idade (e comportamento eventual) do Emerson precisa ser levada em conta e que o Elias (caso venha) não é o tal meia que ansiamos. Mas, diante do nível dos jogadores que disputam esse Brasileiro, todos estão um patamar acima, SIM, e vão qualificar muito nosso elenco, nos permitindo sonhar mais alto, inclusive neste Brasileiro que está apenas começando. E, ainda que seja tarde para o Brasileiro, com o elenco que vem sendo montado, podemos perfeitamente entrar com força na briga pela Copa do Brasil ou Sulamericana.

O importante é que nossa Diretoria resolveu investir e formar uma equipe realmente competitiva. Da mesma forma que coloco o dedo na ferida e faço críticas quando acho que cometem erros, aplaudo efusivamente seus acertos fora da área financeira, como agora. Nossa equipe PRECISAVA desses reforços e a torcida dessa injeção de confiança.

Cabe a nós agora fazer a nossa parte. Lotar o Maraca, empurrar a equipe e retribuir o esforço que está sendo feito para nos devolver, depois da dignidade, a competitividade. Mais até! Mostrar para todos esses pseudo-jornalistas, que se deixam levar pelo DESPEITO, corroer pela INVEJA e corromper pelo BAIRRISMO; que ISSO AQUI É FLAMENGO, onde frequentemente a desconfiança é respondida com conquistas. 

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.