| Futebol

Sintonia com a torcida pelo embalo na C. do Brasil é arma do Fla contra o Z-4

Com bons resultados em competição paralela, time entra confiante para enfrentar<br>a Chapecoense neste domingo, mas Chicão alerta para perigo do adversário

Os resultados dos últimos jogos estão sendo favoráveis ao Flamengo para manter a tranquilidade na temporada. Mesmo a derrota para o Botafogo, em Manaus, não teve um impacto maior na tabela de classificação. Para evitar maiores riscos na reta final do Campeonato Brasileiro e embalado pela Copa do Brasil, a aposta é na sintonia com a torcida para fugir de vez da zona da confusão, como gosta de dizer o técnico Vanderlei Luxemburgo.

Torcida Flamengo x Atlético-MG (Foto: Cahê Mota)Torcida do Flamengo, empolgada com o bom momento do time na Copa do Brasil, é a arma para ajudar a fugir da zona da confusão no Campeonato Brasileiro. (Foto: Cahê Mota)


Para isso, vencer a Chapecoense neste domingo, no Maracanã, é fundamental. Até a noite de sexta-feira, nove mil ingressos haviam sido vendidos. A expectativa é de um público de pelo menos 15 mil pagantes. Mesmo sem a presença com a qual está acostumado, o time tem certeza do apoio que receberá no jogo, principalmente com a disputa paralela da semifinal da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, em Belo Horizonte, contra o Atlético-MG.

- O Flamengo cresce nesses momentos de decisão, com o apoio da torcida, o Maracanã empurrando. Os jogadores entram em campo em uma sintonia e procuram se empenhar o máximo para vencer os jogos - comentou o zagueiro Chicão.

A vitória se faz necessária para abrir vantagem sobre um adversário direto na luta contra o rebaixamento. O Flamengo soma 40 pontos, quatro a mais do que a Chapecoense. Se vencer, levará a distância para sete pontos, faltando apenas seis rodadas para o fim da competição.

No entanto, o time está alerta para o perigo do adversário. Neste Campeonato Brasileiro, o Flamengo foi derrotado por 1 a 0 no primeiro turno, na Arena Condá. Além disso, a Chapecoense conseguiu vitórias expressivas, como as conquistadas sobre São Paulo, no Morumbi, e Internacional (5 a 0).

- É um time que mostrou qualidade. Vai ser um confronto direto de duas equipes que brigam na parte debaixo da tabela - disse Chicão.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.