Além de uma pequena mudança na tipografia que forma o CRF, o novo escudo aparece sem a estrela que simboliza o título mundial de 1981.

O clube ainda não confirmou a veracidade da imagem, mas o antigo vice de comunicação, Antonio Tabet, já havia adiantado que o distintivo iria sofrer alterações neste ano. Ou seja, a tendência é que o uniforme seja sim verdadeiro.

>>> Veja também: Vinícius Júnior comemora 'fase artilheira' no Flamengo