• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Sob comando de Diego e Arrasceta, Flamengo bate o Goiás e volta à briga pelo título

Por: Paula Mattos

O Flamengo entrou em campo na noite desta segunda-feira (18), às 20h (horário de Brasília), para enfrentar o Goiás, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pressionado, o Mais Querido buscava uma vitória para acalmar os ânimos da Maior Torcida do Mundo e manter vivo o sonho do octacampeonato.

Para o duelo, Rogério Ceni escolheu a seguinte equipe titular: Hugo, Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Arão, Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

O JOGO:

A partida começou debaixo de muita chuva e, com o gramado encharcado, os times encontravam algumas dificuldades para fazer o jogo acontecer. Nos 10 minutos iniciais, o Flamengo administrava as ações do confronto e trabalhava bastante a bola, com paciência, na tentativa de criar uma boa e clara jogada de ataque, mas não conseguia muito espaço para atacar.

Aos 15 minutos, falta claríssima não marcada para o Flamengo. David Duarte deu um carrinho em Bruno Henrique, fora da área, mas o juiz preferiu esperar a análise do VAR sobre um possível pênalti e não marcou a falta. Além disso, confusão entre Filipe Luís e Fernandão, e um cartão amarelo para cada.

Aos 17, excelente lance do Flamengo. Filipe Luís encontrou Arrascaeta, que comandou a jogada e deu para Diego. O camisa 10 lançou para Gabigol que, com categoria, estufou as redes de Tadeu. Mas, estava impedido… Não demorou muito para o Mais Querido criar uma nova jogada e voltar a marcar. Rodrigo Caio tomou atitude, saiu da zaga para conduzir a bola e desmontou o sistema defensivo do Goiás, encontrando Bruno Henrique. O camisa 27 inverteu para Everton Ribeiro, que escorou para Gabigol marcar. Todavia, a arbitragem sinalizou impedimento e o segundo gol também não valeu.

Em busca do primeiro tento válido, o Rubro-Negro continuou tendo mais posse de bola e tentava furar o sistema defensivo do Goiás, mas perdeu intensidade e viu o Alviverde conseguiu encontrar espaços para atacar. Aos 35, o time da casa teve uma grande oportunidade de marcar. Jefferson mandou na área para Rafael Moura que, sozinho, cabeceou para o gol, mas perdeu.

Aos 41, ARRAXCOU! Diego deu um excelente passe para Arrasca, que chutou de ora da área. A bola desviou no zagueiro do Goiás e entrou. Agora, valeu! Flamengo 1 x 0 Goiás. Fim do primeiro tempo com destaques para Arrascaeta, Diego e Rodrigo Caio, os melhores em campo na etapa inicial.

Para o segundo tempo, o Flamengo voltou sem alterações, mas com o Everton Ribeiro caindo mais pela esquerda. Aos sete minutos, Diego arriscou um chutaço de fora da área, mas a bola fez uma curva mais acentuada e saiu. Grande jogo do camisa 10 do Mais Querido.

Aos 11, chance para o Goiás. Shaylon bateu para o gol, mas parou na defesa de Hugo. No rebote, Rafael Moura chutou para fora. Após jogada do Alviverde, o Rubro-Negro voltava a tentar encontrar um gol para ampliar o marcador e, 16, teve uma boa chance. Everton Ribeiro, sumido no jogo, recebeu de Bruno Henrique e chutou, mas parou na defesa de Tadeu.

No lance seguinte, a famosa dobradinha entre Bruno Henrique e Gabigol voltou a funcionar! O camisa 27 comandou pela esquerda, chegou na cara do gol, esperou Gabi se posicionar e, no melhor estilo “faz e me abraça”, deixou o 9 pronto para balançar as redes. Flamengo 2 x 0 Ceará.

Aos 22, substituição dupla no Flamengo: Rogério Ceni tirou Bruno Henrique e Gabigol e chamou Michael e Pedro. Na tentativa de administrar o placar, o Rubro-Negro foi tocando a bola e buscando espaços. Aos 31, mais duas alterações na equipe: saíram Everton Ribeiro e Filipe Luís para as entradas de Vitinho e Renê.

Aos 36, bom chute de Shaylon, que arriscou de fora da área, mas parou na defesa de Hugo. Ainda na tentativa de diminuir a vantagem do Flamengo, o Alvinegro continuou pressionando e buscando alternativas para chegar ao gol mas, em todas as oportunidades, viu o paredão formado pelo goleiro do Mengo, que fez ótimas defesas.

Nos acréscimos, o Goiás voltou a assustar e, por pouco, após bobeada de Renê, não diminuiu a vantagem no placar. Ainda no tempo complementar, com Vitinho, o Flamengo teve uma chance de ampliar o marcador, mas o chute do camisa 11 parou nas mãos do goleiro Tadeu. No último minuto, aos 49, Pedro aproveitou um erro do Alviverde e balançou as redes para fechar o caixão. Sem mais no estádio da Serrinha, Flamengo 3 x 0 Goiás.

Publicado em colunadofla.com.