| Futebol

Sob pressão cada vez maior, Fla eleva o tom de cobranças: 'Tem que mudar'

Rubro-Negro foi novamente derrotado fora de casa, agora pelo Coritiba, no Couto Pereira

flameng - Sob pressão cada vez maior, Fla eleva o tom de cobranças: 'Tem que mudar'

O clima não é dos melhores no Flamengo. Após nova derrota no Campeonato Brasileiro e com a vaga no G7 ameaçada, a pressão aumentou ainda mais. De acordo com o portal Globoesporte, houve gritos no vestiário rubro-negro no Couto Pereira, num sinal claro de cobrança depois da derrota de 1 a 0 para o Coritiba. Antes, nesta semana, integrantes de uma torcida organizada foram ao centro de treinamento do clube e cobraram melhores resultados. 

O meia Diego, um dos líderes do elenco do Flamengo, diz que a diretoria e a comissão técnica têm o direito de cobrar os jogadores neste momento ruim. 

- A cobrança é muito forte internamente, jogamos num clube em que isso faz parte do nosso dia a dia. Temos procurado fazer o nosso melhor, a diretoria e a comissão técnica tem todo o direito de cobrar - comentou o camisa 35 após a derrota para o Coxa.

Numa outra declaração que deixou claro o clima de insatisfação, o meia Everton Ribeiro lembrou que há um problema se repetindo muitas vezes no Fla.

- Não adianta ter o controle e não fazer o gol. Eles (Coritiba) não chegaram, mas a gente não soube aproveitar os espaços na frente e saímos derrotados fora de casa mais uma vez. Sendo todo jogo assim, a gente tem que mudar - disse o camisa 7 ao Premiere.

TIME PRÓXIMO DO Z4 COMO VISITANTE

A campanha do Flamengo fora de casa é cada vez pior. O time carioca é apenas o décimo sexto colocado longe de seus domínios, atrás até do Atlético-GO, lanterna da competição nacional. 

O Rubro-Negro acumula nove derrotas, cinco empates e apenas quatro vitórias como visitante. Foram 24 gols sofridos e apenas 15 marcados. 

- O Flamengo tenta, coloca futebol, mas não tem essa contundência para conseguir, para sustentar o resultado - lembra o técnico Reinaldo Rueda.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/sob-pressao-cada-vez-maior-fla-eleva-tom-cobrancas-tem-que-mudar.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

1 Comentário

itamar martins dos santosHá 26 dias

NÃO TEMOS UM ESTILO DE JOGO,,,,NA MINHA OPINIÃO EU JOGARIA 4 4 2, INDEPENDENTE DE QUE TODOS JOGAM NO 4-3-3, FODÁ-SE, EU COLOCARIA UM LATERAL DIREITO ALA PARA ATACAR,,,DOIS BRUCUTUS PARA MARCAR,,DOIS MEIAS PARA ARMAR, E ATACAR UM HOMEM DE REFERENCIA, E UM ATACANTE PELA ESQUERDA,,,TERIAMOS NO MÍNIMO 6 ATACANTES E SETE DEFENSORES,,,,É A UNICA FORMA DE JOGAR COM EVERTOON E O DIEGO,,,NÃO ADIANTA COLOCAR O EVERTON NA PONTA DIREITA,,,NÃO VAI RENDER,,,TEM QUE JOGAR PELO MEIO JUNTO COM O DIEGO, ELE É RÁPIDO, DRIBLA É É PERIGOSO,,,MAS O NOSSO TECNICO É IGUAL AO ZE RICARDO, NÃO SABE PORRA NENHUMA E GOSTA DE PEREBAS, TIPO PARÁ, RANDULPHO, GABRIEL , TRAUCO, RENÊ ETC......SRNS

Carregar mais