| Futebol

Sorte? Que nada! Flamengo alcança marca história nos pontos corridos

flameng - Sorte? Que nada! Flamengo alcança marca história nos pontos corridos


Por Tauan Ambrosio 


Em sua entrevista coletiva logo após a emocionante vitória, de virada, sobre o Cruzeiro, o técnico do Flamengo, Zé Ricardo, falou sobre o “fator sorte” de sua equipe. O comandante citou o gol de empate, marcado por Paolo Guerrero, como um exemplo.

O camisa 9 estava cercado de adversários e, mesmo assim, decidiu arriscar o chute. A bola triscou no pé de Bruno Rodrigo e encobriu o goleiro Rafael.

Só que antes de arriscar o chute que encontrou as redes do Cruzeiro, Guerrero havia arriscado outros três: todos na direção certa. No total, o peruano arriscou 5 chutes. Todos na direção certa, um no caminho desejado.

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Guerrero tentou, se esforçou... e foi premiado por isso. Assim como o próprio Flamengo. Ao final da partida contra o Cruzeiro, foram um total de 22 arremates contra 11 dos mineiros. Destes, 12 e 3 foram, respectivamente, na direção do gol.

O Cruzeiro levou perigo em suas investidas, e nessa hora Muralha honrou o seu apelido. Todo bom time começa com um bom goleiro, e o camisa 38 vem mostrando ser, também, uma das armas deste time.

No total, o clube da Gávea já vem há sete jogos sem derrotas. E a única que não venceu foi justamente contra o líder Palmeiras, quando jogava fora de casa e tinha um homem a menos. Em seus domínios, são 8 vitórias seguidas. Nos pontos corridos, o Rubro-Negro nunca conseguiu uma sequência tão forte.

Sorte está longe, muito longe, de ser o único fator que explica a vitória e briga pelo título do Flamengo...

Fonte: https://esportes.yahoo.com/noticias/sorte-que-nada-flamengo-alcan%C3%A7a-224550322.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.