Sub-20 vence Nova Iguaçu de virada e é líder do Grupo A da Taça Guanabara

Sub-20 vence Nova Iguaçu de virada e é líder do Grupo A da Taça Guanabara

Foto: Marcos Faria

Em partida realizada na quente manhã deste sábado (17) no Laranjão, em Nova Iguaçu, a equipe Sub-20 do Flamengo venceu uma difícil partida contra o Nova Iguaçu de virada por 2x1 (Vitor Gabriel e Lucas Silva), em duelo válido pela quinta rodada da Taça Guanabara. A importante vitória devolve a liderança do Grupo A da Taça Guanabara aos Garotos do Ninho, que agora somam 12 pontos ganhos na briga direta com Vasco e o próprio Nova Iguaçu pela classificação às semifinais do primeiro turno do Campeonato Estadual da categoria. Na próxima rodada, o Mais Querido viaja para enfrentar a Cabofriense, em partida marcada para a próxima quarta-feira (20), às 16 horas, no Estádio Alair Corrêa. 

Sócio-torcedor tem mais Flamengo em campo: o dinheiro vai para o Futebol e traz mais reforços, revelações e estrutura no CT! Clique e sinta o orgulho de ser sócio-torcedor.

O jogo era muito equilibrado e as equipes pareciam ainda se estudar quando aos 12 minutos o Nova Iguaçu abriu o placar com Wellington, em chute rasteiro da entrada da área sem chances de defesa para Yago. O gol sofrido acordou o Mais Querido. Aos 13 minutos, Hugo Moura arriscou de fora da área para boa defesa de João Victor. Na cobrança de escanteio, Patrick Souza subiu mais alto que a zaga e cabeceou no travessão. Na sequência, foi a vez de Pepê dominar no peito e bater de primeira para mais uma grande defesa de João Victor. Os Garotos do Ninho partiam com sede de gol em busca do empate. 

O gol de empate veio aos 22 minutos. Yago lançou para Lucas Silva, que protegeu bem com o corpo e raspou para a ultrapassagem de Theo. Ele cruzou para Vitor Gabriel, que tabelou com Brayan e bateu cruzado para deixar tudo igual no placar. Aos 31 Pepê cruzou, Lucas Silva escorou de cabeça e Vitor Gabriel quase fez seu segundo gol no jogo, mas a bola caprichosamente beijou o pé da trave esquerda da equipe Iguaçuana. 

A primeira chance da segunda etapa foi do Nova Iguaçu. Vitor Felix recebeu livre de marcação dentro da área e tentou encobrir Yago, mas o goleiro rubro-negro se agigantou na frente do atacante e salvou o Mais Querido. Aos sete minutos o Flamengo chegou e quase virou o marcador. Braian deu lindo lançamento para Vitor Gabriel. O centroavante dominou com estilo no peito e encheu o pé, mas a bola saiu à esquerda do gol do Nova Iguaçu. Aos oito, Bill deixou Lucas Silva na cara do gol. A finalização foi correta, por cima do goleiro, mas a bola explodiu no travessão. Os Garotos do Ninho eram melhores e pressionavam em busca do gol da virada. 

Aos 12 minutos Braian puxou contra-ataque quase mortal. Lucas Silva conduziu com muita velocidade e rolou bola açucarada para Bill. Mas o atacante se enrolou um pouco ao tentar driblar o goleiro João Victor e perdeu excelente oportunidade. Em seu primeiro lance na partida, Yuri foi derrubado na entrada da área aos 37 minutos, Ele mesmo cobrou a falta, para maias uma boa defesa de João Victor. 

A merecida virada veio apenas no fim do jogo, já aos 42 minutos. Theo deu linda cavadinha que surpreendeu toda a zaga adversária e encontrou Lucas Silva livre de marcação. Dessa vez o toque por cima do goleiro foi na medida certa, e a bola morreu no fundo das redes, fazendo a torcida rubro-negra, que compareceu em ótimo número ao estádio Laranjão e apoiou a equipe do início ao fim, explodir de alegria. Ainda deu tempo para quase sair o terceiro com Wendel, mas a finalização saiu por cima do gol da equipe da Baixada Fluminense. 

Flamengo: Yago, Theo, Bernardo, Patrick Souza, Pablo (Ramon), Hugo Moura, Brayan (Braian), Lucas Silva, Pepê (Marx Lenin), Bill (Wendel) e Vitor Gabriel (Yuri). Treinador: Mauricio Souza.