| Futebol

"Tartaruga Ninja", Pico ganha espaço sob bom humor e vigilância de Luxa

Titular em três dos últimos quatro jogos do Fla no Brasileirão, lateral vira alvo de brincadeira do técnico por causa de seu biotipo. Comandante teme nova recaída

Anderson Pico, treino, Ninho do Urubu, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Anderson Pico está animado (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Apadrinhado por Vanderlei Luxemburgo no Flamengo, Anderson Pico aos poucos vai ganhando espaço após pouco mais de 50 dias no clube - sendo 36 dedicados exclusivamente a emagrecer. Depois de perder 13kg, o lateral de 25 anos já foi titular em três dos últimos quatro jogos do time no Campeonato Brasileiro e teve atuação destacada na derrota para o Botafogo por 2 a 1 em Manaus. Foi dele a jogada que terminou no gol de Eduardo da Silva, depois de uma bomba do meio da rua (veja em vídeo no fim da matéria). Lance de força e velocidade que respaldam suas escalações. Embora visualmente o jogador ainda aparente estar fora de forma, Luxa não perde a confiança, e nem a piada.

- Falei para ele: "Você emagrece um pouco e vamos ver o que fazer". Apareceu 20 dias depois e tinha perdido muitos quilos. Pensei: "O cara está querendo alguma coisa mesmo". O biotipo dele tem ossos largos, vai parecer estar acima do peso. Tem que perder 3kg de gordura, mas vocês sempre vão enxergar o Anderson como uma "Tartaruga Ninja". Fico satisfeito de ter podido voltar a jogar e buscar algo melhor para a vida dele - brincou o comandante, fazendo referência ao antigo desenho animado americano das décadas de 80 e 90 e que posteriormente virou filme.

O bom humor de Luxa contrasta com a vigilância sobre Pico fora de campo. Como um casco de tartaruga, o técnico serve de proteção ao lateral: evita fazer elogios demasiados e se mantém precavido, com temor por uma nova recaída de um jogador que começou bem no Grêmio, mas sempre foi mais notícia pelos problemas com a balança do que pelo futebol.

- Conheci ele no Grêmio. Dei chance a ele lá, é um jogador de muita qualidade. Mas ele começou bem e depois... Isso que me preocupa aqui. Teve queda, queda, refizemos o salário, pagamos as contas dele, cheque especial, empréstimo.. Zeramos, demos a ele chance de pensar só no futebol. Depois engordou.

Anderson Pico disputa com João Paulo a titularidade da lateral esquerda do Flamengo nesta reta final de temporada, mas não estará em campo nesta quarta-feira, contra o Atlético-MG, por não ter sido inscrito a tempo na Copa do Brasil. Ele voltará a ficar à disposição de Luxa para o duelo com a Chapecoense neste domingo, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 




Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.