Técnico do Fla lamenta ausência de Marcelinho e assume culpa após revés

Técnico do Fla lamenta ausência de Marcelinho e assume culpa após revés

O Flamengo perdeu para o Brasília por 77 a 71, neste sábado, em Manaus, pela última rodada da fase classificatória do NBB. Na teoria, o revés não valeu nada, visto que a equipe já tinha a liderança assegurada para os play off. Na prática, todavia, a história é outra. Desde que chegou na capital amazonense, o técnico do Fla, José Neto, falava em vencer o rival para ''vingar'' a derrota do primeiro turno.

Com o resultado consolidado, ele assumiu a culpa pela falha no objetivo.

- Assumo a responsabilidade pela derrota. Podia ter ajudado mais o time, deixei a desejar. A responsabilidade da derrota eu assumo. Os jogadores, todavia, estiverem 100% atrás do resultado positivo - resumiu.

O Rubro-negro carioca ainda teve um desfalque de última hora: o ala Marcelinho, que sentiu dores na véspera. Ele lamentou a ausência, mas disse que, de olho no mata-mata, preferiu não forçar o atleta.

- A gente não poupou ninguém. Marcelo saiu porque teve uma entorse, então era um risco muito grande de ele jogar e de repente piorar a lesão. Preservamos o jogador - finalizou.

A vitória dá ao time candango o ''título'' de ter sido o único a bater o Flamengo nos dois turnos do NBB. Porém, a verdade é que os dois pontos não mudaram em nada o cenário da tabela. Mesmo com o resultado positivo, o Brasília manteve o quarto lugar, visto que o Franca também venceu o Mogi das Cruzes, assegurando a terceira posição.