| Futebol

Técnico do Maccabi Tel Aviv se rende à torcida do Flamengo: "Fantástica"

Arena da Barra, com cerca de 15 mil presentes, impressiona comandante. Capitão Guy Pnini fala em "grande atmosfera" e admite que cariocas mereceram o título

saiba mais
  • Neto valoriza coletivo do Flamengo e vê equipe querendo ainda mais
  • Após comemoração do Fla em boate, Olivinha encontra Adriano: “Era fera”
  • Marcelinho diz que ficha vai demorar a cair após ganhar tudo com o Flamengo
  • MVP, Laprovittola enaltece grupo do Fla e vibra: ''Fizemos história aqui''
  • FOTOS: Flamengo vence o Maccabi e é campeão da Copa Intercontinental

Após a perda do título da Copa Intercontinental de Basquete para o Flamengo neste domingo, o técnico do Maccabi Tel Aviv enalteceu o comportamento do torcedor rubro-negro antes de despejar críticas à sua equipe. Na coletiva de imprensa na Arena da Barra, Guy Goodes afirmou que os cariocas conseguiram reverter a desvantagem no placar do começo do jogo muito por conta da postura dos cerca de 15 mil presentes no ginásio, que empurraram o time em grande parte do segundo jogo da decisão.

- Nós começamos bem, mas por trás da fantástica torcida que eles têm aqui, o Flamengo voltou. Quando você disputa jogos de título, sua defesa precisa ser melhor e aí nós caímos. Permitimos 27 pontos no primeiro quarto e 26 no quarto. Tivemos momentos, quando estávamos próximos, um pontos atrás, que falhamos nos chutes de três pontos - lamentou o novo treinador da equipe para essa temporada.

Jeremy Pargo e Guy Goodes do Maccabi (Foto: Amanda Kestelman)Ao lado de Jeremy Pargo, Guy Goodes faz cara de poucos amigos (Foto: Amanda Kestelman)












Um dos mais experientes da equipe israelense, Guy Pnini também reiterou a importância do torcedor na conquista inédita do clube carioca, na vitória por 90 a 77.

- É definitivamente desagradável perder esse título. Nós estragamos tudo. Parabéns ao Flamengo, que jogou muito bem. Havia uma atmosfera de basquete grande aqui. Eles queriam mais e venceram - completou o capitão do segundo maior vencedor do basquete europeu, com seis canecos ao lado do CSKA e do Panathinaikos.

Flamengo campeão inter continental de basquete (Foto: André Durão)Olivinha é carregado pelos torcedores rubro-negros durante a invasão de quadra, após a conquista (Foto: André Durão)


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.