Flamengo  RJ
menu
search
“Tem que ter um pouco mais de Flamengo no jogo da Seleção”: ex-jogador cobra irreverência na equipe de Tite
13 de outubro de 2021 às 13:10h
“Tem que ter um pouco mais de Flamengo no jogo da Seleção”: ex-jogador cobra irreverência na equipe de Tite

O Flamengo tem sido um dos clubes mais afetados pela Data FIFA em 2021. Com diversas convocações desde a Copa América, o Mais Querido perdeu muitos minutos cruciais de atletas importantes, como Gabigol e Arrascaeta. Mesmo assim, vem fazendo excelente temporada sob o comando de Renato Gaúcho. Dessa forma, para o ex-jogador e comentarista Caio Ribeiro, a Seleção de Tite precisa aderir um estilo mais irreverente com a bola no pé, como o Mengão de Portaluppi.

Em papo no podcast ‘Flow Sport Club’, o comentarista frisou que a Canarinho, sob o comando de Tite, anda bastante engessada. Embora saiba da importância da parte tática, Caio Ribeiro comentou o quanto um drible ou jogada plástica pode decidir um determinado compromisso. O ex-jogador afirmou que vê esse estilo no Flamengo de Renato Gaúcho, que tem um clima leve e muita movimentação por parte de seus atletas. Além disso, segundo ele, a alegria faz grande parte deste elenco vencedor do Mengão.

O Brasil tem que ser um pouco mais irresponsável com a bola, tem que ter um pouco mais de Flamengo no jogo da seleção. O Tite está tentando, ainda não conseguiu. (O Tite) Tem que parar de trabalhar só taticamente. Esse é o diferencial do Renato [Gaúcho]. Ele não é melhor que o Tite na parte tática, não é melhor nem que o Rogério Ceni na parte tática. Só que ele ganha os caras. O clima é leve. Sem a bola, marca. Com a bola, se diverte. Isso não significa que não é bem treinado – disse, antes de completar:

O Gabigol vem buscar a bola no meio, o Arrascaeta infiltrando, o Bruno Henrique de centroavante. Na seleção é o centroavante fazendo centroavante, o cara da direita na direita. Era um crítica que sempre fiz ao Tite para não ficar refém de um sistema, não ficar refém de um grupo. Falei: ‘olha a seleção olímpica, olha o Antony, o Claudinho, o Matheus Cunha. Olha o que o Raphinha jogou nesses jogos – finalizou o ex-jogador do Flamengo.

Após exibições bastante pragmáticas nas duas primeiras rodadas desta Data FIFA, a Seleção Brasileira terá chance de mudar nesta semana. Isso porque, o Brasil enfrenta o Uruguai na quinta-feira (14), às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Amazônia. Com 28 pontos, a Canarinha é líder disparada das Eliminatórias da Copa e esbanja campanha quase perfeita: nove vitórias e um empate.

Publicado em colunadofla.com