• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Torcedor descreve transmissão de Flamengo x Boavista via ‘MyCujoo’ como ‘fantástica’ e garante ingresso para semifinal

Por: Paula Mattos

Rumo à final da Taça Rio e buscando a conquista de mais um Campeonato Carioca para a galeria de títulos estaduais, o Flamengo vai entrar em campo neste domingo (05), contra o Volta Redonda, com a vantagem do empate. Mandante do confronto, o Rubro-Negro será o responsável pela transmissão da partida, assim como conduziu, pela primeira vez na história, toda a exibição do duelo contra o Boavista, na última quarta-feira (01).

No entanto, diferente da postura adotada no último jogo, com transmissão gratuita para todo o Brasil, na última sexta-feira (03), o Flamengo anunciou a cobrança de ingressos para acompanhar a partida. Na disputa da semifinal, o Mais Querido venderá a exibição por R$ 10,00 para torcedores que moram no Brasil e não são inscritos no programa de sócio, ou seja, ST’s do clube vão assistir gratuitamente, e por US$ 8,00 para rubro-negros que não residem no país. Todavia, caso o torcedor não queira desembolsar os R$ 10,00, poderá acompanhar a transmissão em áudio, pelo Youtube.

Para assistir à partida deste domingo (05), os flamenguistas vão precisar utilizar o aplicativo ‘MyCujoo’, mesma plataforma de streaming que reproduziu o confronto contra o Boavista para fora do Brasil. Como o aplicativo já foi utilizado pelo Flamengo na primeira transmissão, o Coluna do Fla entrou em contato com Fabricio Chicca, um rubro-negro que mora na Nova Zelândia e acompanhou o Mengão através da plataforma, para entender como foi a experiência com o uso do site e a qualidade de imagem e som oferecidas.

Foi a primeira experiência com o MyCujoo, nunca havia usado. Achei sensacional, a qualidade do sinal foi perfeita, o som estava ‘ok’, não teve nenhum problema técnico. O Flamengo fez uma transmissão de TV, com um pouco menos câmeras, o que, para mim, não faz a menor diferença. Achei a transmissão fantástica e paguei oito dólares, R$ 42,00 na conversão do dia –, informou o torcedor.

O Coluna do Fla também perguntou ao Fabricio Chicca, que obrigatoriamente precisa comprar a transmissão para acompanhar o Flamengo, qual a opinião dele em relação à venda da exibição, considerando o serviço oferecido e a forma como o Mais Querido conduziu a situação. Para o rubro-negro, a cobrança pela exibição é um processo ‘natural’, mas a medida deveria ter sido melhor administrada pelo clube, que ‘pecou’ em não divulgar, antecipadamente, a decisão de cobrar pelo transmissão e não convocar o apoio da torcida.

Cobrar para não sócios eu acho que é o caminho natural e acho que isso vai acontecer. Eu nunca tive a ilusão de que o Flamengo passaria os jogos de graça na televisão, e acho que isso nunca aconteceu, a diretoria nunca falou isso. O torcedor criou a ilusão de que os jogos seriam de graça e a diretoria alimentou, permanentemente. É claro, se houver alguma separação em algum momento, eu acho justo que o sócio-torcedor não pague para assistir ao jogo, só não acho justo que tenha sido agora -, avaliou o torcedor, antes de prosseguir:

Eu acho que a diretoria deveria ter convocado a Nação e dito (por exemplo): “galera, fizemos apenas R$ 900 mil, não é suficiente, precisamos fazer 2 milhões e 500 mil reais. Torcida do Flamengo, conto com vocês, vamos aumentar as doações, os ingressos, fazer a conta no BRB para vocês depositarem, se não, cobraremos de todos”. Agora, eu acho que é um processo natural. Eu vou assistir ao jogo pelo MyCujoo, vou pagar os oito dólares e vou ligar lá -, disse o rubro-negro.

A partida entre Flamengo x Volta Redonda, pela semifinal da Taça Rio, será disputada neste domingo (05), no Maracanã, com portões fechados, às 16h (horário de Brasília). O Mais Querido precisa apenas de um empate para garantir vaga na grande final e ir em busca do bicampeonato.

Publicado em colunadofla.com.