| Futebol

Torcedor do Flamengo preso incitou briga com vascaínos

Membro de organizada rubro-negra está na cadeia por homicídio de botafoguense

Conhecido como Gringo, Vitor Portêncio da Silva, preso há três meses no Presídio Cotrim Neto, em Japeri, na Baixada Fluminense — acusado pelo Ministério Público de participar da morte de Diego Silva dos Santos, atacado com golpes de esperto de churrasco nos arredores do Engenhão, em 12 de fevereiro deste ano —, teve interceptadas gravações em que incitava o confronto entre a torcida rubro-negra e vascaínos no último sábado, em São Januário.

Em uma das gravações obtidas pela GloboNews, o torcedor falava sobre o clássico de sábado, em São Januário. A promotoria irá pedir a transferência de Gringo para um presídio de segurança máxima.

— Vamos pra cima deles, rapaziada. Vamos pra cima deles. Sábado é o dia do confronto, é o dia do caô (sic). Mano, vamos tomar o Gardênia. Vamos armar uma emboscada, vamos pegar os alemão (sic) lá no Rio das Pedras, lá na minha área, lá no Anil. Vamos fazer alguma coisa. Separa as madeiras, barra de ferro, pra cima deles — disse Portêncio, que é integrante da Torcida Jovem do Flamengo.

‘O bonde do espeto’

De acordo com o Ministério Público, o áudio foi enviado em um grupo de WhatsApp da torcida organizada. No total, são seis minutos de gravação. Além de provocar rivais e incentivar brigas longe do estádio, o torcedor desafiou autoridades e relembrou o assassinato do torcedor alvinegro.

— É o bonde do espeto, tem que respeitar, tem que respeitar — afirmou ele, que, segundo a Polícia Civil, agrediu Diego e roubou a camisa da vítima como um troféu.

Vitor e outros sete integrantes da Jovem do Flamengo foram denunciados pelo assassinato do torcedor do Botafogo. Dois ainda estão foragidos.

Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/torcedor-do-flamengo-preso-incitou-briga-com-vascainos-21579130

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.