Torcedores relatam dificuldade de retirar gratuidades no Maracanã

Torcedores relatam dificuldade de retirar gratuidades no Maracanã

O Flamengo foi muito mal no empate contra o Santa Fe, pela Libertadores. A torcida, porém, mostra que o amor não é pelo jogador e sim pelo clube. A Nação formou filas gigantescas pelo Rio de Janeiro a fim de comprar ingresso para o jogo do Brasileirão, que marcará a despedida do ídolo Julio Cesar. Entretanto, muito torcedores relatam dificuldade para retirar os ingressos gratuitos, para menores, nos caixas do Maracanã. Em vídeo divulgado pelo Paparazzo Rubro-Negro, um pai fala que não pode comprar ingresso pro filho pois já consta um no CPF dele:

— A senhora está falando pra mim que eu comprei ingresso e não posso levar meu filho […]. Olha aqui, eu sou sócio-torcedor, comprei o meu ingresso, estou no guichê do Maracanã e ela (atendente) está dizendo que eu não posso comprar um pro meu filho porque já tem o meu CPF. Meu filho não tem CPF, ele é menor de idade, então ele não pode me acompanhar no jogo?

Outro assunto que incomoda a grande torcida rubro-negra, é a escolha de um acompanhante por pai. Segundo relatos do próprio Paparazzo, os responsáveis estão tento que escolher qual filho terá o privilégio de assistir uma partida no estádio. Veja no print abaixo:

MUDANÇA NA GRATUIDADE:

A retirada das gratuidades previstas por Lei para menores de 12 anos, PNE e maiores de 65 anos para Flamengo x América-MG começará a partir desta quinta-feira (19), na bilheteria 01 do Maracanã e bilheterias da Praça N. S. Auxiliadora, na Gávea. Os ingressos agora serão nominais e separados por CPF.

Sobre gratuidade para menores de 12 anos, somente o responsável legal poderá retira-lá com a apresentação dos documentos originais ou cópia autenticada que comprovam o benefício e o vínculo legal com o menor. Nenhuma outra pessoa poderá retirar este ingresso.