• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Torcida, clube ou emissora: quem mais perde com a falta de transmissão dos jogos do Flamengo?

Nesta quinta-feira (16), o ​Flamengo anunciou oficialmente falta de acordo com Rede Globo e partidas da equipe no Campeonato Carioca não serão transmitidas na TV. Em comunicado, Rubro-Negro alega que emissora não quis renegociar condições comerciais nem pontos sugeridos pelo clube para renovação do contrato. Em nota, conglomerado midiático também passou sua versão.

A estreia do Mais Querido está marcada para este sábado (18), no Maracanã, às 16h (de Brasília), contra o Macaé. A diretoria do clube e representantes do veículo tiveram reuniões para tentar selar o acordo, mas não chegaram a um ponto comum. O vínculo contratual para transmissão do estadual entre Flamengo e Globo encerrou na temporada passada.

Em sua nota, o Rubro-Negro defende que tentou ‘flexibilizar’ a negociação para que houvesse o acordo, enquanto a Rede Globo argumenta que os cariocas pediram muito acima do acerto feito com outros envolvidos (demais times do Rio e federação local). A negociação deve seguir e partes podem chegar a um acordo ainda nesta edição do Carioca.

O resultado final pode não ter sido bom ou ‘positivo’ para o Flamengo e nem para a Rede Globo, mas quem mais perde nesta negociação é o torcedor, além dos clubes menores que deixam de receber uma ​verba considerável. O time tem um número gigantesco de adeptos e a emissora atende praticamente todo o território nacional. O acordo entre os dois era muito importante para aqueles que não podem acompanhar a equipe por motivos econômicos ou geográficos.

FBL-BRA-FLAMENGO-AVAI

A falta de transmissão afasta os fãs do esporte e diminuem o brilho do já batido e apagado Campeonato Carioca. A televisão é parte fundamental desta sociedade hiperconectada e faz parte da rotina de quem acompanha os times, os jogadores e tudo que envolve o dia a dia dos clubes. É uma perda coletiva, na qual nenhum lado saiu feliz com o desfecho, até então, negativo. 

Publicado em www.90min.com.