Torcida do Flamengo faz protesto no Ninho em dia do aniversário do clube

Torcida do Flamengo faz protesto no Ninho em dia do aniversário do clube

Na manhã desta quarta-feira, dia em que o Flamengo completou 122 anos de existência, a torcida, em vez de comemorar, protestou. Desde as sete horas, cerca de 50 torcedores exibiam faixas e entoavam fantos em frente ao Ninho do Urubu, o Centro de Treinamento do clube, à espera de atletas e dirigentes que chegavam para o treino, marcado para a manhã.

A torcida pediu mais empenho dos jogadores e exigiu que o time tenha uma melhora de desempenho. Hoje, o rubro-negro é o sétimo colocado no Campeonato Brasileiro, a um ponto do Vasco, oitavo. No momento, o Flamengo ocupa a última posição que garante a ida para a pré-Libertadores.

Em um dos cartazes, estava escrito: "Se damos a vida, exigimos que vocês deem o sangue".

Em outro, mais forte, vinha a frase: "Salário em dia, porrada em falta".

Alguns jogadores foram poupados de reclamações, como o zagueiro Juan e o atacante Vinícius Junior.