A primeira foi poucos meses após sua despedida, quando Léo Moura negociou um retorno ao Brasil para jogar no Vasco. A notícia do acerto entre o jogador e o rival não foi bem digerida na Gávea e o atleta acabou voltando atrás em sua decisão. Atualmente no Santa Cruz, o lateral voltou a criar polêmica com seu ex-clube. Léo acionou o Flamengo na Justiça para cobrar pelo menos R$ 300 mil de direitos de arena, hora extra e adicional noturno durante o período em que vestiu a camisa rubro-negra.

Coincidentemente, Flamengo e Santa Cruz se enfrentam no próximo domingo, às 17h, no Pacaembu. Nas redes sociais, a torcida carioca se mostra dividida acerca da reação à atitude de Léo Moura quando o lateral entrar em campo. Alguns apoiam o desprezo, enquanto outros querem vaiar e incomodar o jogador. Em entrevista ao site ​GloboEsporte.com, o atleta se disse tranquilo.

"É uma decisão extremamente difícil. É apenas pelo direito e o lado profissional. A minha relação com o clube Flamengo jamais vai mudar, até porque outros jogadores recentes fizeram o mesmo e receberam o que é de direito em um acordo. A torcida é muito maior do que isso. Estou tranquilo, vou procurar jogar bem e ajudar minha equipe", afirmou Léo Moura.

​​