Torcida protesta em desembarque do Flamengo após jogo na Libertadores

Torcida protesta em desembarque do Flamengo após jogo na Libertadores
O Flamengo empatou por 0 a 0 diante do Santa Fé na Libertadores (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

Nesta quinta-feira, o Flamengo desembarcou no aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro após o empate contra o Santa Fé pela Libertadores e foi “recebido” com vais e xingamentos por alguns torcedores do time rubro-negro. Uma das frases mais usadas pelos envolvidos era “time pipoqueiro” e apesar do foco ser os jogadores, as injúrias também foram direcionadas ao presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Além dos xingamentos durante o desembarque, o Flamengo teve outro episódio conturbado no clube nesta quinta-feira. Alguns torcedores picharam o muro no Ninho do Urubu com frases criticando o atual elenco e o presidente Eduardo Bandeira de Mello, com afirmações como “Fora Bandeira” e “Vagabundos Fracassados”, além de criticar a declaração do zagueiro Juan após a eliminação no Campeonato Carioca.

A referência ao GPS é devido ao desentendimento entre alguns jogadores do elenco e o vice-de-futebol do clube, Ricardo Lomba. O dirigente afirmou que o time correu menos que o Botafogo na final do Campeonato Estadual, situação que foi imediatamente desmentida pelo zagueiro Juan, que falou sobre os números do GPS para comprovar que o time correu mais do que na partida contra o Emelec, pela Libertadores da América.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo jogará fora de casa contra o Ceará no estádio do Castelão. A partida será muito importante para que o clube carioca consiga ter mais tranquilidade ao longo da temporada, já que uma derrota pode deixar o ambiente e os bastidores ainda mais tenso.