| Futebol

Treino fechado, mas nem tanto: San Lorenzo terá Cauteruccio no ataque

Jogador é utilizado pelo técnico Edgardo Bauza na vaga de Piatti, que não poderá enfrentar o Nacional-PAR na segunda partida da final da Libertadores, nesta quarta

Mistério, mas nem tanto. Pelo terceiro dia seguido, o técnico Edgardo Bauza fechou as portas durante o treinamento do San Lorenzo. Mas no que se refere à escalação da equipe para o duelo com o Nacional-PAR, pela final da Libertadores, não há tantas dúvidas. Mesmo sem acesso da imprensa, foi possível notar a presença do atacante Cauteruccio entre os titulares.

Cauteruccio no treino fechado do San Lorenzo (Foto: Daniel Mundim)Fechado, mas nem tanto: Cauteruccio treina entre os titulares do San Lorenzo (Foto: Daniel Mundim)

Ele substituirá Ignacio Piatti, que está acertado com o Montreal Impact e não poderá atuar no segundo jogo decisivo com os paraguaios. Com isso, o Ciclón passa a atuar com dois atacantes, o que acontecerá apenas pela segunda vez na Libertadores. Antes, apenas na derrota por 1 a 0 para o Unión Española, ainda na fase de grupos. Outra novidade para o jogo contra o Tricolor paraguaio é a presença do zagueiro Cetto, que está recuperado de uma contratura muscular. Ele entrará no lugar de Fontanini.
 
Com as mudanças, Bauza escalará a seguinte equipe na próxima quarta-feira: Torrico; Buffarini, Cetto, Gentiletti e Más; Ortigoza, Mercier, Villalba e Romagnoli; Cauteruccio e Matos. Nesta terça, a equipe azul-grená volta a treinar no estádio Nuevo Gasómetro, novamente com portões fechados e sem entrevistas. 

jogadores do Nacional no embarque (Foto: Divulgação / Facebook Oficial)Jogadores do Nacional no embarque para a Argentina
(Foto: Divulgação / Facebook Oficial)

No Nacional, Riveros volta

O Nacional-PAR chega a Buenos Aires no fim da tarde desta segunda, e na terça, às 18h, treinará no local da partida, o estádio Nuevo Gasómetro. O time de Gustavo Morínigo contará com o retorno do volante Riveros, destaque durante a surpreendente campanha na Libertadores, que estava suspenso na partida de ida. A baixa é o lateral-direito Ramón Coronel, vetado com uma lesão na coxa. Morínigo deve escalar o time com Ignacio Don; Argüello, Raúl Piris, José Cáceres e Mendoza; Riveros, Silvio Torales, Derlis Orué e Marcos Melgarejo; Bareiro e Benítez.
 
A venda de ingressos se esgotou na última sexta-feira, mas os torcedores do San Lorenzo seguem desesperados atrás de entradas. Alguns foram ao clube na esperança de encontrar com dirigentes e reivindicar um bilhete, outros se espalham pelas sedes administrativas do Ciclón. O clube tem 60 mil sócios, mas cerca de 35 mil ingressos foram disponibilizados.
 
A diretoria dos cuervos instalou arquibancadas tubulares no lado sul do Nuevo Gasómetro, que foram aprovadas pela prefeitura de Buenos Aires. Serão mais mil ingressos retirados por torcedores que viram a partida de ida em Assunção e sócios que estão em dia com o clube.Os paraguaios têm direito a 4 mil ingressos, dos quais mil foram vendidos na sede do clube, em Assunção. O restante será vendido para o torcedor que for à capital argentina.
 
San Lorenzo e Nacional-PAR jogam nesta quarta, às 21h15, no estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires. Após o empate por 1 a 1 no jogo de ida, uma vitória simples dá o título para qualquer uma das equipes. Novo empate leva a decisão para prorrogação e pênaltis. Na decisão não há saldo de gols qualificado.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.