| Futebol

Trintão! Jogo Central 2 x 1 Flamengo completa três décadas; veja como foi

Considerado por muitos o maior jogo da história da Patativa, partida aconteceu em 22 de outubro de 1986, no estádio Pedro Vitor de Albuquerque, com o público de 24.450

flameng - Trintão! Jogo Central 2 x 1 Flamengo completa três décadas; veja como foi

O estádio era o mesmo, mas com outro nome: Pedro Vitor de Albuquerque. O ano era 1986 e o adversário era o poderoso Flamengo. Em uma quarta-feira, no dia 22 de outubro daquele ano, o Central faria aquele que seria considerado por muitos o maior jogo da sua história. As arquibancadas do PV - inicias de "Pedro Vitor", como era e é chamados por muitos até hoje - tremiam.

Eram 24.450 mil vozes dividias entre alvinegros e rubro-negros. Bandeiras tremulavam em meio aos torcedores, rolos de papel eram jogados no gramado, faixas de apoio ao time, com nomes dos ídolos da época e muitos fogos de artifício que fazia toda cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, saber que estava acontecendo uma festa no "campo do Central".

Em um campeonato bem diferente dos moldes de hoje, o Central estava no Grupo J da segunda fase com Guarani, Fluminense, Flamengo, Grêmio, Goiás, Santa Cruz, Atlético-GO e Vitória. Embalado por um resultado positivo diante da equipe baiana, a Patativa recebeu a poderosa equipe de Lazaroni, com astros como Mozer, Zinho e Bebeto.

+ Passado de glória: título de 86 é a maior conquista do Central

Mas o Central tinha Zico. Tudo bem que não era o Galinho de Quintino, mas era um incremento a mais no jogo, já que o craque do Fla estava ausente desta partida. Mas quem brilhou mesmo neste duelo foi o atacante Ronaldo. Dos pés dele saíram os dois gols da vitória centralina naquele jogo.

Até os dias de hoje este confronto contra os cariocas é comentado na cidade. Desde os mais velhos, que acompanharam a partida ou vivenciaram o clima do município, até os mais jovens, que cresceram ouvindo pais, tios, avós e amigos falando sobre esta vitória. Por ter sido o maior público do clube em sua história, o jogo também se tornou o maior orgulho da torcida.

Para comemorar os trinta anos deste jogo, o GloboEsporte.com juntou os detalhes da partida, como ficha técnica e os gols de Central 2x1 Flamengo. Assiste aí... (no vídeo lá em cima).

Ficha do Jogo:

Central 2x1 Flamengo - Estádio Pedro Victor de Albuquerque.

Central: Carlinhos, Vilmar, Dema, Zé Carlos Macaé, Serginho, João Luís, Zico (Reginaldo), Pacheco, Falcão, Jorge Vinícius (Evandro Souza) e Ronaldo. Téc. Ernesto Guedes.

Flamengo: Zé Carlos, Aldair, Guto, Mozer, Jorginho, Ailton, Vinícius, Marquinho Carioca (Zinho), Bebeto, Valtinho e Julio César (Gilmar Popoca). Téc. Sebastião Lazaroni.

Data: 22.10.1986. 
Estádio Pedro Victor de Albuquerque. 4ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.
Público: 24.450 (oficial) Renda: Cz$ 584.985
Juiz: Romualdo Arpi Filho. Cartão Amarelo: Ailton (Flamengo).

Gols: Ronaldo (C) aos 14 minutos do primeiro tempo e aos 20 do segundo, para o Central; e Vinícius, aos 48 do segundo tempo, para o Flamengo.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/pe/caruaru-regiao/futebol/noticia/2016/10/trintao-jogo-central-2-x-1-flamengo-completa-tres-decadas-veja-como-foi.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.