| Futebol

Trio divide elogios por vitória, e Samir alerta para reação do Galo nas quartas

Gabriel e autores dos gols do triunfo por 2 a 0 exaltam grupo do Flamengo após vitória pelas semifinais da Copa do Brasil

Cáceres e Chicão fizeram os gols. Gabriel foi o autor das jogadas de ambos. No entanto, após o 2 a 0 do Flamengo diante do Atlético-MG, na noite desta quarta-feira, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, o trio preferiu elogiar o jogo coletivo rubro-negro e dividir com os companheiros os méritos pela importante vitória conquistada. (veja os gols no vídeo abaixo)

 



- A determinação de todos, o empenho... Você vê o Gabriel e o Everton voltando, o Nixon acompanhando o lateral... É o que o Luxemburgo pede, para todo mundo ajudar na marcação, que o gol vai sair - resumiu o zagueiro Chicão.

Cáceres completou, ainda no gramado.

- Todo o grupo é muito unido. Qualquer um pode fazer o gol.

Chicão marcou, de pênalti, o segundo gol do Flamengo. A penalidade surgiu após espetacular jogada de Gabriel, que arrancou de antes do meio de campo, driblou vários defensores e foi derrubado por Josué na área.

Flamengo x Atlético-MG - Chicão (Foto: André Durão)Chicão cobra o pênalti e marca o segundo gol do Flamengo no Maracanã (Foto: André Durão)



Antes, no primeiro gol, o meia-atacante já havia sofrida a falta que originou o cruzamento na área e foi o responsável por levantar a bola na cabeça de Cáceres. Porém, ao ser perguntado se considerava ser autor da metade dos gols...

- Não, foram do Chicão e do Cáceres. Graças a Deus dei o passe e sofri o pênalti. O que vale é a corrida do grupo - disse Gabriel, muito festejado pelo torcedor após a partida.

Reação do Galo contra Corinthians serve de alerta

O triunfo dá ao Flamengo ótima vantagem para o duelo de volta, que será disputado na próxima quarta-feira, às 22h, no Mineirão. O time carioca pode perder por um gol de diferença ou até mesmo dois, desde que faça ao menos um. Se o Galo devolver o 2 a 0, forçará a decisão por pênaltis. Para avançar, o Atlético-MG terá de vencer por três gols.

A situação mineira é a mesma das quartas de final da competição. Na ocasião, foi derrotado por 2 a 0 pelo Corinthians, em São Paulo, e se classificou ao golear no Mineirão por 4 a 1. O fato foi lembrado ainda em campo pelos rubro-negros.

- Sabemos que o Atlético tem um excelente grupo, excelentes jogadores, que podem fazer a diferença. E fizeram contra o Corinthians. Estamos cientes disso, vamos entrar ligados para não sermos surpreendidos. O próximo jogo será mais difícil ainda, não tem nada resolvido - alertou o zagueiro Samir.

Antes de decidir a vaga na final, o Flamengo volta a campo pelo Brasileirão. Neste domingo, às 19h30, recebe a Chapecoense, no Maracanã, pela 32ª rodada do nacional.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.