| Futebol

Um ingrato favoritismo

flameng - Um ingrato favoritismo

Amanhã começa a caminhada do Flamengo rumo ao seu sétimo título do Campeonato Brasileiro, e de acordo com a mídia especializada, o Mengão entra como um dos favoritos na competição.

O problema é que historicamente, o Flamengo não tem o costume de confirmar esse favoritismo. Das últimas vezes que levantamos o caneco foi na base do ‘Deixou chegar’, ‘Estão deixando a gente sonhar’, e afins. Sempre em arrancadas sensacionais.

Para a edição de 2017 do Brasileirão, o Flamengo entrará com um elenco qualificado e numeroso, com uma estrutura que nunca antes na história desse clube tivemos, e uma gestão impecável. Não existe crise há tempos, o ambiente é o melhor possível.

A Nação Rubro-Negra demonstra na Libertadores da América que mudou a postura apática exposta nas arquibancadas durante os últimos anos, e está jogando junto com o time por 90 minutos. Isso pode ser o fiel da balança, equiparando o Flamengo aos outros favoritos ao título.

Entretanto, conhecemos muito bem a bipolaridade do torcedor rubro-negro, e as clássicas bravatas do flamenguista podem atrapalhar. Espero que tenhamos aprendido que o ‘Cheirinho’ de nada ajuda, pelo contrário, isso apenas servirá como um prato cheio para o ‘anti’ tirar sarro.

A soberba não pode acompanhar o Flamengo e sua torcida esse ano, imagino que seja difícil para o torcedor não estufar o peito e se encher de si depois quatro vitórias consecutivas, mas o campeonato é longo. Em 38 rodadas muitos altos e baixos podem acontecer.

Enfim, vamos manter a calma, e segurar essa toda essa megalomania, serão inúmeras batalhas, acumulemos toda a nossa fanfarronice para o próximo dia 3 de dezembro.

Vaz, com todo o respeito… TÁ DE SACANAGEM?

O criticado zagueiro Rafael Vaz vinha fazendo uma grande partida na última quarta-feira, no empate sem gols dos reservas do Flamengo contra o Atlético-GO, mas de repente…

…O cara resolveu estragar tudo, e em uma atitude totalmente infeliz retirou a bola das mãos do menino Paquetá na marra, antes de uma cobrança de falta perigosa, bem próxima da área, nos últimos instantes da partida. Isolou bisonhamente, que vergonha.

Vale ressaltar que o Lucas Paquetá era o único em campo que tinha marcado gol de falta na temporada, o ângulo era perfeito para o garoto que já mostrou saber bater colocado. Nunca vi o Vaz marcar um gol de falta, nem sequer levar perigo ao goleiro adversário.

Faz o seguinte Vaz, temos vários batedores de falta no elenco, esqueça isso, pela milésima vez: SEJA ZAGUEIRO, E PONTO. Tu não é craque, tu não é o Beckenbauer, pare de inventar moda, cara. Confesso que bateu uma raiva aqui absurda.

Legal mesmo seria um pedido de desculpas, pra não ficar vergonhoso. Se nem mesmo os gols de cabeça na sorte que fazia no time pequeno que jogava antes rolam, acha que na categoria vai rolar? MENOS VAZ, BEM MENOS!

Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!’

Vinny Dunga

Siga no Twitter:  twitter.com/DungaVinny (@DungaVinny)

Curta no Facebook: facebook.com/ColunaDoVinny

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/05/um-ingrato-favoritismo/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.