| Futebol

UMA NOITE PARA SER ESQUECIDA

Deu tudo errado...

Caros amigos Rubro Negros,
 
 
     Sim, uma noite para ser esquecida, deu tudo errado, logo no início do jogo senti que algo não estava bem, achei o Paulo Victor afoito, saindo de forma desastrada do gol, a nossa defesa parecia nervosa, vide o Wallace que sempre nos passou muita segurança, ontem estava inseguro em algumas bolas, Léo fora de ritmo, Chicão com seu atraso de sempre nas bolas, e João Paulo que jogou dando espaços para o ataque Atleticano, todos não pareciam focados no jogo.
 
     Ok, o Flamengo marcou primeiro, mérito do Everton e sua bela arrancada, mas foi isso e só, vi o time do Flamengo totalmente envolvido pelo Atlético Mineiro que tocava bem a bola e vazia uma linha de passes no meio de campo que deixava os nossos jogadores totalmente dominados, vimos ontem Cáceres, Canteros e Marcio Araújo serem anulados no nosso meio de campo,  não me espantou quando, ainda no primeiro tempo, vi o percentual de posse de bola e o mesmo marcava 67% de posse pro time mineiro e 33% para o Fla, esse numero foi totalmente fiel a realidade do que se via em campo.
 
     Depois de um empate aos 41 do primeiro tempo, que é claro deu um gás extra ao adversário, o Flamengo retorna para jogar um segundo tempo que seria um dos piores que eu vi em 44 anos de futebol, o primeiro a mostrar o que o futuro nos reservava foi o Eduardo da Silva, jogador que elogiei no intervalo, falando que estava torcendo muito para que ele fizesse um gol para retomar a sua confiança,  do nada o Eduardo da Silva tenta um passe de calcanhar BIZARRO perdendo a bola no meio de campo, deixando Luan em condições de partir para o ataque rolando a bola para o Maicisuel ( logo ele, pqp ), que não teve o mínimo trabalho de empurrar para a meta de Paulo Victor, era o segundo gol do Atlético que incendiou a torcida nas arquibancadas e acovardou ainda mais o time do Flamengo.
 
     A partir daí o Flamengo desmoronou, acabou em campo, e o Luxa fez o favor de colocar a cereja no bolo Atleticano, colocou o inútil Luiz Antonio aos 13 no lugar do Eduardo, depois meteu em campo o inoperante Elton aos 17 no lugar do Nixon, que ontem não vinha bem como em jogos passados, e finalmente o Luxa se superou colocando o Matheus, substituição que só serviu para o horroroso Matheus assistir o jogo de dentro de campo ao invés do banco, esse moleque entrou e nada fez, já errou logo na primeira jogada, sem ritmo, sem sangue, sem NADA, péssimo, ruim demais, esse jogador não existe, como não existiram as substituições feitas pelo Luxemburgo, errou MUITO o nosso treinador, foi muito mal nas suas escolhas, o Flamengo foi totalmente dominado e a classificação adversária já se desenhava.
 
     Com o Flamengo acuado e pressionado em campo, aos 36 e 39, para delírio da torcida deles que a essa altura explodia nas arquibancadas, o Flamengo levaria mais 2 gols e se despedia de forma melancólica da Copa do Brasil, uma tristeza sem tamanho para a nossa Nação que contava com essa classificação a todo custo, levamos um nó tático do Levir Culpi e tomara que isso baixe a bola do nosso treinador na hora da sua renovação, e digo mais, que essa vergonhosa derrota sirva para que os nossos dirigentes comecem a se mexer para o ano de 2015 porque com esse elenco não vamos a lugar nenhum, todas as nossas vitórias até aqui foram na base da superação, ou porque o Luxemburgo teve uma boa leitura do jogo e mexeu bem, porém ontem nada deu certo, inclusive as mexidas do Luxa que na minha opinião foram a “pá de cal” no time do Flamengo.
 
     O Rio de Janeiro amanhece triste, com a arco-íris em polvorosa e a mídia escrota em delírio, nada mais a declarar.
 
 
     Um forte abraço,
 
 
     Ivan Maurício !!!
 
 
 

Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.