| Futebol

Uma verdade inconveniente

flameng - Uma verdade inconveniente

Dói muito fazer esta constatação. Acontece que a escolha de Sofia que o Flamengo precisa fazer o quanto antes, não será popular. Muito menos a minha popularidade irá crescer escrevendo este texto. Cuellar precisa jogar. Se não aqui, noutro lugar.

O Flamengo conta hoje com sete estrangeiros. Três deles são considerados titulares, enquanto Conca não se recupera. Berrío, Donatti e Cuellar disputam duas vagas. Com as crises de insegurança de Rafael Vaz, Donatti aparece muito bem cotado para assumir a vaga ao lado de Réver. Berrío foi o último contratado e tem entrado bastante durante os jogos. Ainda carece de adaptação.

O último da fila é certamente o compatriota de Berrio a quem foi pago um alto custo (2M de dólares) para contratar, mas que não foi utilizado no ano anterior basicamente. Este ano que, era o ano da virada, contrataram Rômulo. Já há Ronaldo subindo e, nunca podemos esquecer do onipresente Baidu Antivírus.

Desde a sua chegada muitos alertavam que o jogador era superior ao titular de 2016. Quando o jogador aparecia no time, normalmente era para jogar minutos finais, fechar o time ou até mesmo ser escalado fora de posição. O fato é que com ele não aconteceu aqui até o presente momento e já vão embora dois anos. O Flamengo fez contrato com o jogador até o fim de 2019 (apesar de o transfermkt dar conta de que seja até janeiro de 18, Conca também está errado lá. Pode ser um erro. As notícias davam como contrato de quatro anos)..É preciso dar minutos ao Jovem selecionável.

No início do ano houveram matérias noticiando um possível interesse do Atlético Mineiro no jogador. Era a oportunidade de ouro para o clube emprestá-lo e valorizá-lo. O Atlético está na Libertadores. Talvez pagasse uma taxa para o empréstimo e pagaria o salário do jogador, que não oneraria a nossa folha. Perfeito! Por que não aconteceu?

É claro que o Flamengo não quer se desfazer do jogador. Ninguém quer. O jogador é bom. Acontece que se o Rômulo entrar em forma, será melhor do que muitos primeiros volantes do país. Na cola dele há o sempre apadrinhado Baidu e, incrivelmente, abaixo do Colombiano e do inominável está Ronaldo, que fez ótima partida e precisa de chances para se tornar o jogador que nós esperamos que seja. São quatro jogadores para uma posição.

Entenda que em nossa análise dos primeiros volantes a fila deveria ser Ronaldo, Cuellar, Rômulo (que ainda precisa de ritmo e em forma provavelmente pula para a primeira posição) e, se houver necessidade, Hugo Moura. Baidú nem deveria ter renovado, embora reconheça que sua utilidade e que não tem jogado mal. O que não quer dizer que sua existência faça sentido no elenco. Com a fila como está, Ronaldo não só não jogará, como Cuellar que também disputa posição com os estrangeiros, não terá chances. É um tiro no pé.

Então o Flamengo está de frente a uma escolha perigosa: Ou mantém o jogador pelo qual se pagou caro e que não jogar muito, desvalorizando o seu próprio ativo, ou empresta o jogador gerando uma vaga na fila de primeiro volante e, possivelmente valorizando o ativo. Quem sabe, ao final do ano não teremos visto todo o potencial de Cuellar no outro clube e fazemos uma análise mais criteriosa do que vale a pena fazer em relação a lista extensa de estrangeiros?

No próximo ano subirá Hugo Moura e não parece haver hoje um projeto para que este jogador tenha sequência pelo Flamengo. Já serão cinco jogadores para uma vaga. Lógico que algumas coisas podem acontecer. Como uma venda de Cuellar, mas será que vão pagar a mesma coisa que pagamos por um jogador que está, e com o fim do carioca, continuará parado? Há que se começar a pensar estratégias para a adaptação de novas contratações consideradas como apostas.

E você? Qual sua opinião a respeito do jovem colombiano que, tudo indica, ficará encostado no banco do Flamengo o resto da temporada? Deixe sua opinião.

Anderson Alves, O otimista.
Follow @alvesotimista

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/04/uma-verdade-inconveniente/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.