| Futebol

Único tríplice coroa no Brasil, Luxa tem candidato a repetir o feito pela frente

Domingo, no Maracanã, técnico do Flamengo encara Marcelo Oliveira, que comanda o Cruzeiro na busca pela mesma trinca de títulos conquistada em 2003

Em 2003, Vanderlei Luxemburgo estava na crista da onda. Em dezembro daquele ano, no comando do Cruzeiro, terminou com as conquistas do Campeonato Mineiro, da Copa do Brasil e do Brasileiro. Foi a única vez na história em que o feito aconteceu. Nunca um mesmo clube havia vencido o seu estadual e as duas competições nacionais no mesmo ano.

Onze anos depois, Luxemburgo se depara com alguém que pode roubar sua exclusividade. Justamente com o mesmo Cruzeiro, Marcelo Oliveira já venceu o Mineiro, tem boa vantagem no Campeonato Brasileiro e ainda está na disputa da Copa do Brasil, que define os semifinalistas na próxima semana.

Montagem Vanderlei Luxemburgo e Marcelo Oliveira (Foto: Editoria de arte)Vanderlei Luxemburgo e Marcelo Oliveira: cruzeirense quer ter mesma marca do rubro-negro (Foto: Editoria de arte)


Neste domingo, Luxemburgo, no comando do Flamengo, terá a chance de dificultar a vida do Cruzeiro. Os dois times se enfrentam no Maracanã, pela 28ª rodada. Faltarão 10 depois do confronto. Hoje, a vantagem do clube mineiro é de seis pontos sobre o Internacional.

Além de poder aumentar a dificuldade para o Cruzeiro no Brasileiro, o Flamengo também está na Copa do Brasil e disputa uma vaga nas semifinais com o América-RN. No entanto, o duelo entre os dois times só poderá acontecer na final. Coincidentemente, eles decidiram o título em 2003, quando Luxemburgo comemorou a Tríplice Coroa.

No jogo do primeiro turno, o treinador ainda era Ney Franco e a superioridade do Cruzeiro representou um massacre em campo com uma vitória por 3 a 0, em Uberlândia. O resultado foi uma bronca do diretor executivo Felipe Ximenes no vestiário antes da liberação dos jogadores para o período de  paralisação do Brasileiro por causa da Copa do Mundo.

Ney caiu depois de mais dois jogos, e Luxemburgo foi contratado. Desde então, o time se recuperou na tabela, mas a diferença de pontuação para o Cruzeiro é de 22 pontos.

- Respeitamos todas as equipes, mas somos o Flamengo. Teremos o apoio da torcida e precisamos fazer a nossa parte. O Cruzeiro é uma grande equipe e sabemos da importância dos três pontos nesse jogo para o time sair de vez da confusão e ficar mais tranquilo - afirmou o atacante Nixon, autor do gol da vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense, quarta-feira, em Florianópolis.

Para o jogo contra o Cruzeiro, Luxemburgo ainda não sabe se poderá contar com Wallace e Cáceres, que se recuperam de problemas musculares. Não há jogadores suspensos para o confronto. O adversário também tem desfalques, como Everton Ribeiro, convocado para a seleção brasileira, e não deve ter Ricardo Goulart, machucado.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.