• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Valeu, professor! Campeão pelo Flamengo, Ceni recebe prêmio de melhor treinador no Bola de Prata

O Flamengo oscilou no Campeonato Brasileiro e assumiu a liderança somente na penúltima rodada da competição. No entanto, mesmo com a derrota para o São Paulo, o Rubro-Negro conquistou o oitavo título nacional, devido ao empate entre Internacional e Corinthians. Uma das peças principais nesta conquista foi Rogério Ceni, o técnico do Mais Querido, apesar de questionado por parte da torcida, cumpriu o objetivo.

Devido ao seu trabalho à frente do Flamengo, Ceni conquistou o posto de ‘melhor técnico do Brasileirão’, de acordo com o Prêmio Bola de Prata, da ESPN. A entrega do troféu aconteceu nesta sexta-feira (26), dia seguinte ao título, e o treinador aproveitou para agradecer à Nação Rubro-Negra e se mostrou comovido ao participar pela terceira década seguida desta premiação, somando as participações como jogador.

– Muito obrigado a todos. É um prazer estar aqui novamente. Uma carreira longa, já ficando mais velho, mas posso receber o oitavo prêmio da minha carreira. Teve a Revista Placar, que pra mim é considerado o melhor prêmio do futebol brasileiro. Eu estou presente aqui em três décadas, isso tem um valor muito grande. É meu quarto ano como treinador e já recebo uma homenagem como essa. Eu agradeço a todos que fizeram parte dessa carreira. Agradeço à minha família e à torcida do Flamengo, a Nação Rubro-Negra. Hoje, o Rio de Janeiro está mais feliz e amanhece vermelho e preto.

Em pouco mais de três meses sob o comando do Flamengo, Rogério Ceni conquistou o primeiro título com o Manto Sagrado. Apesar das eliminações precoces na Copa do Brasil e na Libertadores, o treinador mantém um bom aproveitamento à frente da equipe: 22 jogos – 11 vitórias, cinco empates e seis derrotas. Além de recuperar o sistema defensivo, que sofreu 26 gols, o Rubro-Negro de Ceni marcou 38 vezes.

Publicado em colunadofla.com.