• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

Vendas de jogadores turbina receita, e Flamengo prevê superávit de R$ 130 milhões em 2021

A diretoria do Flamengo divulgou nesta terça-feira (14), as perspectivas financeiras do clube para 2021, e a proposta de revisão do orçamento será levada ao Conselho Fiscal e ao Conselho de Administração, para que seja aprovada, na próxima semana. E os números são animadores, já que o Mais Querido teve um aumento nas vendas de jogadores e deve ter superávit na casa dos R$ 130 milhões.

A gente espera chegar no fim do ano com um faturamento recorde. E também com um resultado positivo. O resultado que a gente espera é que seja superior a R$ 130 milhões de superávit -, garantiu o diretor financeiro Fernando Góes. 

Além da venda de jogadores (que alcançou R$270 milhões), outras receitas como patrocínios, publicidade e royalties foram apontadas como fundamentais por Marcos Senna, diretor de marketing. A soma chega a R$ 215 milhões. O profissional fez questão de ressaltar também a FlaTV e outros ativos digitais.

Temos ativos digitais muito melhores e mais desenvolvidos do que estavam há dois, três anos atrás. O nosso incremento de receitas foi muito significativo. A gente hoje tem uma FlaTV com mais de seis milhões de cadastrados, com uma audiência muito grande. E a gente consegue ir ao mercado e ter receitas proporcionais a essa audiência que nós temos -, disse Marcos.

A previsão é arrecadar em 2021 um total de R$ 984 milhões, em valor bruto. Entretanto, esse montante pode sofrer alterações, já que não estão incluídos as premiações em caso de títulos.

Publicado em colunadofla.com.