| Futebol

Vice-artilheiro do Fla no ano, Everton quebra jejum de 12 jogos sem gols

Autor do tento da vitória sobre o Coritiba, jogador se iguala a Paulinho e Hernane com seis marcados na temporada, atrás apenas de Alecsandro, que já tem 16

Em sua carreira, Everton não tem um histórico de goleador. No entanto, para o Flamengo, a divisão de gols tem sido crucial em um time que balança pouco as redes dos adversários. Domingo, ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, no Couto Pereira, ele quebrou um jejum pessoal de 12 jogos e se igualou a Paulinho e Hernane como vice-artilheiro do time em 2014.

Everton só perde para Alecsandro, principal atacante do time, com 16 gols. Ele não marcava desde o dia 26 de março, quando o Flamengo venceu por 3 a 0 a Cabofriense, pelo Campeonato Carioca. Além disso, o time conseguiu balançar a rede e vencer como visitante pela primeira vez no Campeonato Brasileiro.

- A gente sabe como são as coisas no Flamengo. Estou vacinado. É mentalizar as coisas boas desse jogo e somar pontos. Ainda não estamos em uma situação agradável - afirmou Éverton.

Durante o ano, o jogador vem sofrendo com lesões seguidas. Agora, no entanto, conseguiu engrenar três jogos consecutivos e nos dois últimos ficou em campo os 90 minutos. Everton espera se manter bem fisicamente mesmo com a sequência de jogos que vai ter início com a disputa da Copa do Brasil.

Everton Flamengo gol coritiba brasileirão (Foto: Agência Getty Images)Éverton marcou o gol da vitória do Flamengo sobre o Coritiba (Foto: Agência Getty Images)

- Já estou terminando os jogos mais inteiro e conseguindo manter uma regularidade - disse.

O próximo confronto é contra o Atlético-MG, quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Com 16 pontos, o Flamengo ainda segue ameaçado de rebaixamento e Éverton revela a consciência do time com relação ao momento vivido e a necessidade de manter a boa sequência de resultados.

- É um jogo difícil. No Maracanã, com o apoio da torcida, temos tudo para sair de campo com a vitória. Mas estamos vacinados. Se a gente não tivesse vencido o Coritiba, ninguém aqui serviria. Foi importante vencer para jogar com mais tranquilidade - comentou o jogador.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.