Vice de finanças do Flamengo diz que clube pagou por Éverton Ribeiro 'no cartão de débito' e vê espaço para mais reforços

Vice de finanças do Flamengo diz que clube pagou por Éverton Ribeiro 'no cartão de débito' e vê espaço para mais reforços

O vice de finanças do Flamengo, Claudio Pracownick, disse que o clube ainda tem espaço para reforços de ponta mesmo depois de pagar por Éverton Ribeiro no 'cartão de débito'. Em entrevista ao canal do Youtube Urubucam, o dirigente detalhou o crescimento do investimento do clube em aquisição de jogadores. Segundo ele, foram gastos quase R$ 150 milhões em reforços na atual gestão, e atualmente a folha salarial é 30% maior que a do ano passado.

- Em termos de investimento, é o recorde hoje em dia. Nunca investimos tanto. Entre 2016 e 2017 a folha cresceu 30% fora investimentos reais em jogador. Foram de R$ 120 a R$ 150 milhões em aquisição de jogador. Mas sempre pensando no dia de amanhã - esclareceu o vice de finanças.

Pracownick ainda brincou com a boa fase financeira e disse que o tempo de parcelamentos nas contratações do Flamengo acabou.

- O Flamengo contratava tipo Casas Bahia, mas dessa vez o xeque perguntou como a gente pagaria pelo Éverto Ribeiro, eu falei: no cartão de débito meu amigo. Os tempos mudaram.

Entre outros assuntos, o dirigente confirmou o investimento de até R$ 20 milhões em um novo módulo do Centro de Treinamento, com o repasse de investimento com a venda dos imóveis do Morro da Viúva.

CONFIRA AS DECLARAÇÕES DO VICE DE FINANÇAS EM VÍDEO: