| Futebol

Vice do Flamengo diz que 'grupo da morte' da Libertadores é bom para 'entrar ligado' e descarta jogos fora do Rio

flameng - Vice do Flamengo diz que 'grupo da morte' da Libertadores é bom para 'entrar ligado' e descarta jogos fora do Rio

Um cabeça de chave e um campeão nacional pela frente fizeram o Flamengo avaliar o grupo sorteado na Libertadores como difícil, mas esperado. Para o vice de futebol Flavio Godinho, ter San Lorenzo e Universidad Catolica como adversários na primeira fase será bom para o Flamengo entrar ligado de cara.

- Se o Flamengo tem pretensões de seguir adiante na Libertadores, ter boa campanha, tem que encarar esse grupo. Ía acontecer. Já tem que entrar ligado - avisou o dirigente.

Sem falar nas contratações que estão a caminho, Godinho lembrou que o ranking estabelecido pela Conmebol colocou o Flamengo com poucas chances de ter uma primeira fase fácil. Até os confrontos, com duas partidas em casa e uma fora no turno, e o inverso no returno, obrigam o Flamengo a começar com o pé direito.

- No pote 3 era impossível pegar um grupo menos equilibrado. Antigamente o primeiro lugar do grupo disptava com o último. Agora tem um sorteio entre os melhores primeiros para ver quem vai enfrentar quem sair em sorteio dos melhores segundos.

É um grupo complicado, mas para lutar pelo título tem que passar - emendou o vice de futebol.

Godinho apontou como pontos positivos a logística para cidades com voos diretos e o início da participação em março, o que dará mais tempo de preparação. O dirigente garantiu que o Flamengo vai jogar a Libertadores no Rio.

- Vai ter a pré-temporada, e joga de março a maio a primeira fase. Vamos trabalhar para já ter estádio no Rio. Queremos o Maracanã, mas a ideia é que a Ilha esteja pronta. Vamos jogar no Rio.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/flamengo/vice-do-flamengo-diz-que-grupo-da-morte-da-libertadores-bom-para-entrar-ligado-descarta-jogos-fora-do-rio-20684127.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.