Vini Jr decide, Diego vai para galera e Flamengo vence o Ceará no Castelão

Vini Jr decide, Diego vai para galera e Flamengo vence o Ceará no Castelão

Pressão? Nada disso... O time do Flamengo ignorou os episódios que antecederam a partida contra o Ceará, neste domingo, e venceu por 3 a 0. A vitória foi convincente, com bom futebol do Rubro-Negro e com dois protagonistas: o jovem Vinícius Júnior e o camisa 10 Diego, autores dos gols.

Os dois chegaram para o jogo em momentos diferentes. Diego foi o nome mais cobrado pela torcida nos protestos realizados na sexta-feira. Primeiro no Rio de Janeiro, depois em Fortaleza. A joia, por outro lado, foi "poupada" das críticas.

Com a vitória, o Flamengo chegou aos sete pontos no Campeonato Brasileiro e está nas primeiras posições. O Ceará, por sua vez, segue sem vencer. São duas derrotas e um empate para o Vozão, que, com apenas um ponto, está no Z4.

Opção de Barbieri funciona

Everton Ribeiro no lugar de Arão foi a única mudança no Flamengo em relação ao último jogo. Com o camisa 7 aberto na direita, o time voltou a atuar com quatro meias e, Diego e Paquetá, ditaram o ritmo da equipe na faixa central.

Cobrado de forma excessiva no embarque no Rio de Janeiro, o camisa 10 recebeu o carinho da torcida cearense desde o início. Quando finalizou de fora da área, sem perigo, teve o nome gritado pelos 8 mil rubro-negros presentes.

Everton Ribeiro também foi bem na etapa inicial. Ajudou na marcação e criou alguns lances de perigo. Apesar disso, o goleiro Everson demorou a ser exigido de fato. O mesmo pôde ser dito de Diego Alves, do Fla, que pouco trabalhou.

Brilha a estrela do garoto

Com o Flamengo atuando de forma organizada e leve, sobrou técnica e estrela para Vinícius Júnior decidir. Para abrir o placar, o garoto teve frieza para encobrir o goleiro com um único toque. Destaque para Gustavo Cuéllar, que desarmou o adversário no meio-campo e deu ótima assistência.

A jogada do segundo gol, na etapa final, começou nos pés do próprio Vinícius, que arrancou pela esquerda e chutou. Everson defendeu e a bola ficou com Rodinei. O lateral tabelou com Paquetá e cruzou na medida para Vini: 2 a 0.

O caminho pelas laterais

As principais jogadas do Flamengo tiveram a participação de Vinícius Jr, pela esquerda, e Rodinei, pela direita. O Rubro-Negro soube aproveitar os muitos espaços dados pelo Ceará. No segundo gol, ninguém acompanhou o atacante. Início preocupante para o Vozão, frágil na defesa e improdutivo no ataque.

Diego transforma em goleada

O confronto não poderia ter final melhor para o Flamengo se não com gol de Diego. E foi assim. O camisa 10 desviou escanteio de cabeça e transformou a vitória em goleada.

Dias depois de ser quase agredido no embarque da delegação, o meia atravessou o campo de encontro à torcida, foi para a galera e retribuiu o carinho. Por isso, tomou cartão amarelo. Depois, reverenciou os torcedores.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 0X3 FLAMENGO


Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 28/4/2018, às 16h
Árbitro: Anderson Daronco (RS/Fifa)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno (RS)
Renda/Público: R$ 1.636.169,00 / 51.952 pagantes

Cartões amarelos: Luiz Otávio (CEA); Diego e Henrique Dourado (FLA)
Cartão vermelho: Não houve.

GOLS: Vinícius Júnior (0-1, 41'/1ºT e 0-2, 8'/2ºT) e Diego (0-3, 25'/2ºT)

CEARÁ: Everson; Valdo, Tiago Alves (Roberto, 20'/2ºT) e Luiz Otávio; Arnaldo, Juninho, Felipe Azevedo, Romário (Rafael Carioca, 11'/2ºT), Richardson e Reina (Wescley, 11'/2ºT); Arthur Cabral. T: Marcelo Chamusca.

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan e Renê; Cuéllar (Jonas, 33'/2ºT), Lucas Paquetá (Jean Lucas, 42'/2ºT) e Diego; Everton Ribeiro, Vinícius Júnior e Henrique Dourado (Lincoln, 38'/2ºT). T: Maurício Barbieri