Vinicius Junior marca e Flamengo vence segunda seguida na Taça Guanabara

Vinicius Junior marca e Flamengo vence segunda seguida na Taça Guanabara
O Flamengo voltou para a sua casa em 2018 com uma vitória. Graças ao solitário gol de Vinicius Junior, aos 33 do primeiro tempo, o Mais Querido venceu a Cabofriense pela segunda rodada da Taça Guanabara e agora lidera o Grupo B da competição com seis pontos em duas partidas. Na próxima rodada, o Flamengo recebe o Bangu, também na Ilha do Urubu, às 19h30. 

Paulo César Carpegiani escalou o time com algumas mudanças para esta segunda partida da Taça Guanabara. Rodinei, Vinícius Júnior, Lincoln e Renê se incorporaram ao time e saíram jogando. O resultado foi um Flamengo dominante do jogo e das ações, sendo ameaçado pela Cabofriense apenas aos 42 do segundo tempo, quando Gabriel Batista finalmente foi acionado no gol. No primeiro tempo, o Rubro-Negro chegou a ter 68% de posse de bola, o que mostra sua superioridade na partida. 

Os quarenta e cinco minutos iniciais foram mornos. Sem a velocidade da partida de estreia, contra o Volta Redonda, o Flamengo, hoje, cadenciou mais a bola e estudou mais o adversário. O primeiro lance de perigo foi apenas aos 21 minutos, com chute de longe de Lincoln, que o goleiro George defendeu. A Cabofriense também não oferecia perigo, tentando encaixar contra-ataques, mas sem sucesso.

De tanto trabalhar a bola, o Flamengo finalmente chegou ao gol, aos 33 minutos. Rodinei fez bela jogada pela direita e cruzou na medida para Vinícius Jr conferir e balançar as redes da Ilha do Urubu pela primeira vez no ano.

O gol animou a partida e o Rubro-Negro cada vez mais teve o controle das ações em campo. Mas o segundo gol não saiu  e o time foi com a vantagem mínima para o vestiário. 

Na volta do segundo tempo, a partida seguiu no mesmo ritmo. O Flamengo dominava completamente o jogo, sendo pouco ameaçado. Aos nove, ótima oportunidade de contra-ataque. Vinícius Júnior achou Lincoln na esquerda, que desceu rápido, mas preferiu cruzar ao invés de chutar, deixando a zaga adversária se reunir e evitar o gol. Dois minutos depois, Jonas mandou um tiro de fora da área, para bela defesa de George. 

Carpegiani mexeu e colocou Jajá, Wendel e Pepê nos lugares de Jonas, Vinícius Júnior e Lincoln. O jogo não mudou e o Flamengo continuou dando as cartas. Rodinei saiu para a entrada de Klebinho.

Aos 42, a Cabofriense teve sua melhor chance de empatar. Manga chutou e Gabriel defendeu, mas soltou a bola. No rebote, João Carlos pegou de primeira, mas novamente Gabriel estava no caminho para evitar o gol. E assim a partida seguiu até o final, quando o Flamengo fechou mais uma vitória na temporada.