| Futebol

Virtude ou defeito? Últimos gols do Fla só saíram graças a jogadas aéreas

Nos últimos três jogos, todos os gols do Flamengo saíram de jogadas aéreas. Estatística pode mostrar virtude, porém time está tendo mais dificuldades para criar jogadas

flameng - Virtude ou defeito? Últimos gols do Fla só saíram graças a jogadas aéreas

A queda de rendimento do Flamengo no Campeonato Brasileiro é notória. O time já não apresenta o mesmo futebol que o credenciou à luta pelo título. Nos últimos três jogos, o Rubro-Negro só fez gols graças a jogadas aéreas. O time parece dependente do “chuveirinho” e não consegue mais envolver os adversários como antes.

No empate de 2 a 2 com o Corinthians, no último domingo, Guerrero fez dois gols de cabeça e ganhou crédito após período de críticas. Porém, o que pode parecer eficiência revela um alto índice de erros no Flamengo. O Rubro-Negro acertou nove cruzamentos na partida do Maracanã, mas falhou em outras 32 tentativas. Precisa melhorar.

O lateral-esquerdo Jorge diz que o técnico Zé Ricardo dá ênfase aos trabalhos de posse de bola, mas explica a opção pelas jogadas aéreas no duelo contra o Corinthians.

– O time deles estava muito bem composto ali atrás. O jogo pelas laterais estava fluindo muito bem, principalmente pelo lado do Pará, havia mais espaço do lado direito. Treinamos bolas paradas, porém nos treinos o Zé Ricardo pede mais posse de bola para chegarmos até o fol. No jogo conta o Corinthians, tivemos oportunidades de bola parada e aproveitamos. Treinamos muito bola parada, mas temos que seguir buscando a posse de bola para chegar até o gol – comentou o defensor.

O meia Diego vem sendo peça importante nestes cruzamentos, mas a criação de jogadas do time parece precisar de mais. Os meias e atacantes pelas laterais já não conseguem fazer a diferença, o que deixa a equipe mais dependente de bolas paradas. Com rendimento abaixo do esperado, estes jogadores de lado de campo têm sido substituídos com frequência pelo técnico Zé Ricardo, que busca dar mais alternativas de jogo para o Flamengo.

Diante do Internacional, o único gol do time carioca foi marcado pelo zagueiro Réver, também de cabeça, após cobrança de falta.

No Fla-Flu, o primeiro gol rubro-negro foi marcado contra, por William Matheus, após cobrança de falta na área do Tricolor. O segundo gol da equipe da Gávea saiu após cruzamento de Pará, que Wellington furou ao tentar cortar. Fernandinho aproveitou a sobra.

Os últimos gols de bola rolando do Flamengo neste Brasileiro saíram contra o frágil Santa Cruz.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/virtude-defeito-ultimos-gols-fla-sairam-gracas-jogadas-aereas.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.