| Futebol

Vitória do Palmeiras pressiona o Flamengo, que encara o Figueirense e tem tabela mais difícil

flameng - Vitória do Palmeiras pressiona o Flamengo, que encara o Figueirense e tem tabela mais difícil

O Flamengo chegou, mas para alcançar o topo da tabela de fato vai precisar vencer e secar, rodada a rodada, até o fim do Brasileiro. Com a vitória do Palmeiras ontem sobre o Corinthians, por 2 a 0, o Rubro-negro entra em campo às 11h de hoje diante do Figueirense, no Pacaembu, com a pressão pelo resultado. É a única saída para ficar a um ponto do clube paulista, que chegou aos 51.

A análise da tabela com os jogos que restam mostra que o tropeço do Palmeiras no clássico era a esperança mais palpável do Flamengo. O atual líder tem pela frente apenas Cruzeiro, Santos, Inter, Atlético-MG e Botafogo como adversários de maior peso. O Flamengo, por sua vez, encara clássicos nacionais e os regionais contra Botafogo e Fluminense.

A briga no atual G-5 tem outros clubes com o caminho semelhante ao do Flamengo. Tirando o Palmeiras, Atlético-MG, Santos e Corinthians possuem tabela com nível de dificuldade semelhante.

As estatísticas indicavam até a rodada atual boas possibilidades de título para o Flamengo. O matemático Tristão Garcia, em seu site “Infobola”, colocava o clube com 42% de chance de se tornar campeão, com o Palmeiras em segundo (35%) e o Atlético-MG em terceiro (12%). Após a vitória do Palmeiras no clássico de ontem, o percentual alviverde aumentará.

Na sexta-feira, Willian Arão já havia deixado claro que o importante era o Flamengo fazer seu papel não apenas no jogo de hoje contra o Figueirense, mas em toda a sequência do Campeonato Brasileiro:

— Não adianta torcer para o Palmeiras tropeçar se a gente não vencer. Independentemente do resultado deles, temos que ganhar.

Mas secar é fundamental.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/flamengo/vitoria-do-palmeiras-pressiona-flamengo-que-encara-figueirense-tem-tabela-mais-dificil-20132013.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.