| Futebol

Vitória sobre Cruzeiro teve participação de 11 jogadores da base

Grupo que chegou ao G-4 contou com cinco titulares formados no Flamengo

Cria do Fla, Luiz Antonio fechou o placar com gola

Cria do Fla, Luiz Antonio fechou o placar com gola




O Flamengo chegou ao G-4 com a vitória sobre o Cruzeiro por 2 a 0, ganhou um espaço no pelotão da frente do torneio nacional e a torcida mostrou que aceitou o desafio de buscar junto à equipe uma vaga na Libertadores do ano que vem, lotando o estádio jogo após jogo. Mas o resultado não representa apenas a evolução do Mais Querido no campeonato, mas também a valorização dos pratas da casa. Quase 50% - 11 de 23 - da lista de jogadores à disposição do treinador Oswaldo de Oliveira foi formada por atletas formados na base rubro-negra.

Paulo Vitor, Samir, Jorge, Kayke e Luiz Antonio entraram como titulares, sendo o último autor do golaço que fechou o placar no segundo tempo, além de Jajá, que entrou no lugar de Paulinho nos minutos finais da partida. Além desses seis, ainda estavam os goleiros César e Daniel e os atletas Rafael Dumas, Douglas Baggio e Trindade - este pela primeira vez servindo ao time principal - no banco.

Léo Inácio, supervisor da base do Flamengo, destacou a importância da interação entre os atletas do profissional e dos juniores.

"Para a base, isso é muito importante. É fruto do trabalho com muito planejamento e serve para oxigenar os jogadores que estão em formação. Aponta que o clube aproveita quem está fazendo as transições de categorias, do Infantil para o Juvenil, do Juvenil para o juniores e do juniores para o profissional. Mostra que o clube tem projeto para eles e motiva os atletas a seguirem o trabalho proposto", afirmou.

Carlos Noval, diretor do futebol de base rubro-negro, afirma que as oportunidades aos garotos são a coroação de um trabalho em conjunto.

"Preparar os atletas para o profissional é a nossa principal função. Chegar com esses atletas até o time profissional do clube é a realização de um trabalho bem sucedido. O Flamengo tem uma integração entre a base e o profissional e todo o processo de formação é planejado em conjunto entre os departamentos. Esse trabalho aponta, hoje, que é possível os jogadores fazerem essa transição do juniores para o profissional com preparação técnica, física e psicológica para atender o resultado esperado. Esse é o trabalho que vem sendo desenvolvido em todas as categorias na base", explicou.

Quem é sócio-torcedor do Mengão também investe nas categorias de base do futebol do clube e faz o Flamengo cada vez mais forte. Faça agora sua adesão ao Programa Nação Rubro-Negra e entre para o time!

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/22110/vitoria-sobre-cruzeiro-teve-participacao-de-11-jogadores-da-base

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.