Viu essa? Novo presidente da CBF afirma que quem votou nele terá benefícios

Viu essa? Novo presidente da CBF afirma que quem votou nele terá benefícios

Na tarde da última terça-feira (17), enquanto o Flamengo promovia treino aberto à torcida no Maracanã, Rogério Caboclo foi eleito presidente da Confederação Brasileira de Futebol e vai assumir o posto em 2019. Em seu discurso de posse, Caboclo fez afirmação que dá a entender que haverão clubes ‘preferidos’ da gestão.

“Estamos plenamente comprometidos com quem nos apoiou”, foi o que disse o presidente. Ou seja, quem votou para que ele assumisse o cargo, terá benefícios. Em meio a isso, vale citar que o Flamengo se absteve da votação e o Corinthians votou nulo. Além deles, o Atlético-PR também não apoiou o novo mandatário, pois não estava presente no ato. Este fato destacado pelo jornalista Rodrigo Mattos, do Uol.

O presidente do Corinthians, Andrez Sanchez, também se pronunciou sobre a declaração de Caboclo: “Ele foi claro de que vai trabalhar para quem o apoiou […] Flamengo, Atlético-PR e Corinthians vão ter problemas”, disse o mandatário da equipe paulista. A votação é válida por três anos, logo, o novo presidente será o dono do cargo até 2022.