Vizeu iguala Guerrero na artilharia do Fla, mas precisa de menos tempo para marcar

Vizeu iguala Guerrero na artilharia do Fla, mas precisa de menos tempo para marcar

Felipe Vizeu não era a primeira opção, tampouco a segunda. Mas a convocação de Paolo Guerrero para a seleção peruana e a suspensão de Leandro Damião não deixaram outra opção: era a vez de o menino entrar em ação. E, como tem sido de praxe, ele não decepcionou. Aos 6 minutos, fez o gol que abriu o caminho para a vitória do Flamengo por 3 a 0 sobre o Santa Cruz.

Foi a quinta vez que o garoto de 19 anos balançou a rede no Campeonato Brasileiro — número idêntico ao de Paolo Guerrero. A diferença é que Vizeu os fez com bem menos tempo em campo. Em média, o camisa 47 marca um gol a cada 159 minutos. Já o peruano precisa de 245.

Depois de guardar mais um, não conteve as lágrimas. E explicou:

— Fiquei muito feliz, estava há um bom tempo sem atuar como titular. Cada gol que faço é muito emocionante para mim. Venho me dedicando ao máximo nos treinamentos. E, durante a semana, disse que aproveitaria uma oportunidade que tivesse. Graças a Deus, aproveitei logo a primeira.

No Fla-Flu de quinta-feira, porém, Leandro Damião e Guerrero deverão ser as opções para o comando de ataque. Isso por que Vizeu voltará a treinar com a seleção brasileira sub-20, de onde conseguiu ser liberado pela CBF para defender o Rubro-negro.

— O Vizeu é um bom jogador. O clube deposita muita esperança nele, que está na fase final de maturação. Pelo o que treina, vai evoluir muito. Ele corresponde sempre que solicitado — elogiou o técnico Zé Ricardo.