• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

“Você é um imbecil”: Braz rebate deputado após críticas ao Flamengo

O Flamengo teve uma semana conturbada. Um surto de Covid-19 atingiu a delegação rubro-negra, quando ainda estava no Equador. Em menos de uma semana são mais de 30 casos positivos. Com isso, o Mais Querido solicitou que a partida contra o Palmeiras, marcada para domingo (27), fosse adiada. O pedido gerou polêmica nas redes sociais, visto que o clube carioca foi um dos primeiros a retornar aos treinamentos e apoiar a volta do futebol. Iran Barbosa, Deputado Estadual de Minas Gerais, foi um dos que se manifestou contra adiamento da partida. Entretanto, Marcos Braz, dirigente do Fla, aproveitou para responder.

No Twitter, o Deputado fez uma publicação criticando o Flamengo, chegando a citar a tragédia no Ninho do Urubu, página mais triste da história rubro-negra: “O Flamengo é realmente um clube em outro patamar. Bancado uma vida inteira com patrocínios estatais, títulos duvidosos e até 7 pênaltis em sete jogos seguidos na luta contra o rebaixamento. Agora isso”, escreveu ele, antes de prosseguir:

“Gente, desculpa, mas a verdade é que o Flamengo tem uma história tão nefasta que só falta os caras queimarem crianças até a morte em um incêndio irresponsável.” No entanto, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, respondeu: “Você é um imbecil em escrever isso.”

CONFIRA A PUBLICAÇÃO:

Por enquanto, o Tribunal Regional de Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) concedeu uma liminar que adia a partida, baseada no pedido feito pelo Sindeclubes (Sindicato dos Empregados de Clubes do Rio de Janeiro). No entanto, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não concorda e, nos bastidores, já afirmou que vai ‘tentar fazer de tudo’ para que a bola role no Allianz Parque.  Para reverter a decisão, a CBF deve utilizar o caminho do ‘mandado de segurança’. Isto é, uma medida jurídica urgente, feita com intuito de proteger um direito de uma ameaça. Como é uma ação rápida, o mandado de segurança deve ser julgado ainda neste sábado (26).

Publicado em colunadofla.com.